STJ MANTÉM CONDENAÇÃO DE BOLSONARO POR DIZER QUE ‘NÃO ESTUPRARIA’ ROSÁRIO

O DEPUTADO AFIRMOU PUBLICAMENTE QUE NÃO ESTUPRARIA ROSÁRIO PORQUE ELA ‘NÃO MERECIA’

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça manteve a condenação do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a indenizar a deputada Maria do Rosário (PT-RS) em R$ 100 mil por dizer que não a ‘estupraria’ porque ela ‘não merece’, ‘é muito ruim’, ‘é muito feia’. O colegiado negou embargos do parlamentar, que deu as declarações durante entrevista.

Bolsonaro afirmou publicamente, na Câmara do Deputados, em vídeo postado em sua página pessoal no YouTube e em entrevista ao jornal Zero Hora, que não estupraria Maria do Rosário pois ela não mereceria, ‘porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria. Eu não sou estuprador, mas, se fosse, não iria estuprar, porque não merece’.

Em primeiro grau, a sentença condenou Bolsonaro a indenizar a deputada em R$ 10 mile a postar a decisão em sua página oficial no YouTube, sob pena de multa diária. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal determinou a publicação da retratação de Bolsonaro em jornal de grande circulação, em sua página oficial no Facebook e em sua página no YouTube.

Em recurso ao STJ, Bolsonaro alegou que não poderia ser responsabilizado por seu discurso, por estar coberto pela imunidade parlamentar, visto que a fala foi proferida no plenário da Câmara do Deputados e que a entrevista foi concedida dentro de seu gabinete parlamentar.

A ministra Nancy Andrighi, relatora do recurso, afirmou que a imunidade parlamentar é uma “garantia constitucional, e não privilégio pessoal”.

A ministra explicou que a imunidade não é absoluta, pois conforme a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), a inviolabilidade dos deputados federais e senadores por opiniões, palavras e votos, prevista no artigo 53 da Constituição Federal, é inaplicável a crimes contra a honra cometidos em situação que não guarda relação com o exercício do mandato.

De acordo com a ministra, a ofensa feita por Bolsonaro, segundo a qual Maria do Rosário “não ‘mereceria’ ser vítima de estupro, em razão de seus dotes físicos e intelectuais, não guarda nenhuma relação com o mandato legislativo do recorrente”.

Bolsonaro impetrou embargos contra a decisão da ministra relatora alegando ‘omissões’.

“Assevera, ainda, contradição na conclusão do acórdão embargado de que as ofensas foram veiculadas por meio da imprensa e da internet, ao argumento de que o STF possui entendimentos jurisprudenciais “acerca do manto absoluto da imunidade parlamentar material que acoberta as manifestações proferidas no interior do parlamento, mesmo que em entrevistas”, afirma.

Ao negar os embargos, a ministra criticou o uso do recurso judicial para tentar rever o mérito, questão já apreciada pela Corte.

“A rigor, as questões apontadas pelo embargante não constituem pontos omissos ou contraditórios do julgado, mas mero inconformismo com os fundamentos adotados no acórdão embargado. Na verdade, revela-se nítida a pretensão do embargante de valer-se dos embargos de declaração para rediscutir matéria já decidida, fazendo com que prevaleça o seu entendimento sobre o tema, intuito esse incompatível com a natureza deste recurso”, anotou Nancy. (AE)

Continua após a publicidade

Seja o primeiro a compartilhar com seus amigos!


Você não está sozinho aqui!

Leia mais, clique em: PoliticaMente


7499 postagens

Continua após a publicidade

:) Espalhe essa notícia!


:) Receba as novidades no Facebook!


:) Curtir o site!





20 escândalos sexuais que marcaram a carreira de celebridades
Coluna: Comportamento



Americano recebe o maior transplante de rosto da história
Coluna: Tecnologia, Videos



PARTICIPE DO EVENTO ‘Encontro Fraterno com Divaldo Franco’
Coluna: Religiosidade



Beijo transfere 80 milhões de bactérias entre parceiros
Coluna: Comportamento



Filmagem assustadora: Lobisomem é capturado vivo por moradores locais em interior do Brasil
Coluna: Humor



A vida no berço
Coluna: Mundo Animal, Videos



Johnny Depp na mira da justiça: ator pode estar envolvido em assassinato
Coluna: Comportamento, Debate, Pelo Mundo



O maior ciberataque da história está acontecendo agora: hospitais em 74 países do mundo tem que pagar para liberar até ambulâncias. Sistemas de informação e telefonia das instituições foram afetados
Coluna: Tecnologia



Avanço do mar: destruição costeira se alastra no País. Casos estão acontecendo de nordeste a sudeste do Brasil
Coluna: Sobrenatural



Café em SP resolve problemas dos ciclistas com ducha, assistência e estacionamento para bikes
Coluna: Comportamento



Igreja Universal vende chave do céu para deficiente mental
Coluna: Debate



Dinheiro realmente compra felicidade, revela estudo
Coluna: Debate



Holandês cria árvore híbrida que dá mais de quarenta diferentes tipos de frutos
Coluna: Coisa Linda, Tecnologia, Videos



Comitê da Austrália rebate ironia do Prefeito do Rio: “Não queremos cangurus, queremos encanadores”
Coluna: Esportes



NO RIO, Lei da Cachaça já causa polêmica: bares e restaurantes são obrigados a exibir pelo menos 4 tipos de cachaças no cardápio
Coluna: Debate



Médica morre, vai ao céu e relata o que viu! Simplesmente impressionante, leia e repasse
Coluna: Sobrenatural



Autor de perfil falso pede a advogado de Renata Sorrah para não ser processado
Coluna: Comportamento



Árabe rico procura 4 brasileiras para se casar e oferece 90 milhões para cada uma
Coluna: Pelo Mundo



Isso é Karma instantâneo: motorista faz gesto obsceno, mas sofre acidente em seguida
Coluna: Comportamento, Humor, Videos



Nova aparição da NAVE do COMANDANTE ASHTAR na Turquia
Coluna: Sobrenatural



Modelo com perna amputada é eleito o homem mais bonito da Inglaterra; fotos
Coluna: Coisa Linda



HOMEM É RETIRADO À FORÇA DA COPA DO COQUEIRO EM QUE ELE VIVEU POR 3 ANOS
Coluna: Pelo Mundo



Pânico: Piloto faz pouso forçado em meio a selva amazônica, veja vídeo
Coluna: Videos