REVISTA VEJA INFORMA: POLÍCIA FEDERAL DESCOBRE QUE gabinete de Janot sabia de ligação de Miller com a JBS. COMPLICA SUA SITUAÇÃO NO STF

Para a Polícia Federal, o gabinete do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não só tinha conhecimento de que o ex-procurador Marcello Millertrabalhava para a JBS como sabia que ele vinha atuando “de forma indireta” no acordo de delação premiada firmado pela cúpula da empresa.

As evidências disso, de acordo com os policiais encarregados da investigação sobre uso de informação privilegiada pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, estão em mensagens trocadas por Miller com os principais dirigentes da companhia. O ex-procurador participava de um grupo de WhatsApp com os Batista e diretores da JBS.

Uma das mensagens mais reveladoras, na avaliação dos investigadores, foi enviada pelo ex-procurador ao grupo na quarta-feira 5 de abril. Era o último dia de vínculo formal de Miller com o Ministério Público Federal. Com sua exoneração já publicada no Diário Oficial, para se desligar por completo ele só precisava concluir um período de férias atrasadas. Apesar disso, diz a PF, já estava servindo aos interesses da JBS havia algum tempo.

As trocas de mensagens mostram Miller orientando os irmãos Batista quanto à melhor maneira de proceder nas tratativas com o gabinete do procurador-geral da República para fechar o acordo de delação. A sequência começa com a advogada Fernanda Tórtima, contratada pela JBS. Ela informa ao grupo que o gabinete de Rodrigo Janot havia convocado Joesley para prestar depoimento dois dias depois. Os demais participantes estranham a convocação, porque os detalhes do acordo de delação ainda não haviam sido acertados – a assinatura ocorreria só um mês depois.

”Vamos negociar primeiro”, diz Francisco de Assis, diretor jurídico da JBS. Wesley Batista, irmão de Joesley, emenda: “Também acho que temos que negociar as penas dos outros envolvidos, grana e ter DOJ [Departamento de Justiça dos EUA] acertado para irmos para os depoimentos”.

É quando Miller entra na conversa, com orientações de quem conhece a Procuradoria por dentro: “Não pode ser depoimento. Isso só pode ser debriefing [um interrogatório preliminar]. Se for depoimento, SB está jogando [SB, segundo a PF, é Sergio Bruno, um dos auxiliares de Janot na Lava-Jato]. Até certo ponto, normal ele fazer isso. Debriefing pode, claro. É só ressalvar no início. Mostrar boa vontade”.


Continua depois da publicidade

Francisco de Assis então esclarece que seria mesmo um depoimento. E Marcello, mostrando-se alinhado aos interesses do grupo, diz: “Nenhuma chance de aceitarmos isso na minha humilde opinião”. Naquele mesmo dia, Miller tinha viagem marcada para os Estados Unidos, onde, segundo os policiais, participaria de reuniões sobre o acordo de leniência que a JBS negociava com autoridades americanas.

Miller prossegue nas orientações, e chega a fazer troça referindo-se ao colega Sergio Bruno: “Manda o SB trabalhar. Chamar a mesa da leniência. Dizer pros EUA que quer esse acordo”. “A natureza dele [Sergio Bruno] vai ser a de tentar tudo que ele conseguir… Normal. A gente tem de fazê-lo organizar o procedimento, ou no mínimo que ele nos deixe fazer isso, com a ajuda dele”, completa.

Nesse momento da conversa, observa a PF, a advogada Fernanda Tórtima revela que Sergio Bruno e o procurador Eduardo Pelella, chefe de gabinete de Rodrigo Janot, tinham conhecimento de que Marcello Miller viajaria aos Estados Unidos para tratar de interesses da JBS. Além disso, escrevem os policiais em um dos relatórios da investigação, o gabinete de Janot aguardaria um contato do próprio Miller, que ligaria dos EUA para informar sobre as tratativas com as autoridades norte-americanas.

“Lembra que o Pelella disse que ficaria esperando uma ligação da Esther [outra advogada a serviço da JBS] antes de fazer contato com o DoJ [Departamento de Justiça americano]? Essa ligação será do Marcello”, diz Fernanda Tórtima. Ela prossegue, referindo-se ainda à conversa que tivera com o auxiliar de Janot: “Eu disse que ele teria que falar hoje com o DoJ e disse que o Marcello iria. Nessa hora achei estranho ele [o assessor do procurador-geral] dizer que já tinha a informação de que o Marcello iria”.

Para a PF, a sequência no WhatsApp mostra que o gabinete de Rodrigo Janot sabia da ligação de Miller com a JBS. “Tais mensagens revelam que membros da Procuradoria Geral da República tinham ciência de que Marcelo Miller estava atuando de forma indireta nas negociações da delação premiada no dia seguinte à sua saída efetiva do órgão”, escreveram os delegados em documento enviado à Justiça Federal de São Paulo.

Compromisso – Nessa mesma troca de mensagens, um mês antes da assinatura do acordo de delação, o diretor jurídico da JBS menciona um “compromisso” firmado com o procurador Pelella, chefe de gabinete de Janot. “Fernanda ele [Sergio Bruno] precisa por na mesa à Leniencia, a imunidade e as demais penas corporais e que eles tem que assumir o protagonismos no DOJ conforme o Pelela assumiu o compromisso [sic]. Amanhã a gente combina a agenda do Joesley com eles”, diz.

Seja o primeiro a compartilhar com seus amigos!


:) Espalhe essa notícia


:) Receba as novas notícias no Facebook


:) Curtir o site


Leia mais em: PoliticaMente


7217 postagens

Qual a sua opinião? Deixe-nos saber seus pensamentos nos comentários logo abaixo. Não se esqueça de nos seguir para ficar bem informado no que virou notícias no Brasil e no mundo!



Investigados no ‘quadrilhão do PMDB da Câmara’ tentam fugir de Moro e ficar no STF
Coluna: PoliticaMente



Prisão de Cabral completa um ano e manifestantes fazem festa na porta de presídio em Benfica, no Rio
Coluna: PoliticaMente



‘RIO DEFINHA E CRIMINOSOS SE EMPAPUÇAM COM DINHEIRO PÚBLICO’, DIZ PROCURADOR
Coluna: PoliticaMente



STJ MANTÉM CONDENAÇÃO DE BOLSONARO POR DIZER QUE ‘NÃO ESTUPRARIA’ ROSÁRIO
Coluna: PoliticaMente



TUDO POR IBOPE: Globo aposta em filho que espanca mãe e cena gera revolta. A sociedade está inconformada com essa lixeira Global
Coluna: Comportamento, Debate



Selfie de Miss Iraque com Miss Israel gera polêmica ante conflito na região, entenda o absurdo
Coluna: Guerra, Pelo Mundo



5 a 0 é o placar dos pedidos de suspeição contra Moro. Zanin e Roberto Teixeira nem são mais levados a sério, perderam totalmente a credibilidade.
Coluna: PoliticaMente



Gilmar Mendes E Ricardo Lewandowski Preparam Terreno Para O Grande Golpe Contra A Lava Jato
Coluna: PoliticaMente



COVARDIA SEM FIM CONTRA AS MULHERES: Vendedora posta fotos após ser agredida pelo namorado, ‘É hora de acordar’.
Coluna: Comportamento



SUPER HONESTO: Patrimônio de ACM Neto cresce mais de 3000% em oito anos e chega a quase R$ 30 milhões
Coluna: PoliticaMente



ALGUÉM AINDA NÃO SABIA QUE ELE É BANDIDO? Jorge Picciani, Paulo Melo e Albertassi são transferidos para Cadeia Pública de Benfica
Coluna: PoliticaMente



Fotos flagram manobras de moto aquática instantes antes de jovem ser morto em SP
Coluna: Policial



‘É preciso corrigir os abusos’, diz Gilmar Mendes sobre delações premiadas. Mas a verdade é outra, descubra qual….
Coluna: PoliticaMente



REVOLTADO COM O SEU PÚBLICO: William Bonner detona críticos em ‘textão’ enigmático em rede social
Coluna: Comportamento



SEM MEDO DO POVO: Câmara paga a nove deputados federais que perderam o mandato, ou seja cassados, até R$ 23 mil de aposentadoria
Coluna: PoliticaMente



DENÚNCIA GRAVÍSSIMA DO JORNALISTA Marco Antonio Villa: Há uma grande conspiração no STF para acabar com a Lava Jato
Coluna: PoliticaMente



COMEMORE AGORA MESMO: Ministério Público pede bloqueio de R$ 24 milhões de Lula e seu filho caçula
Coluna: PoliticaMente



Desembargador que vai julgar o destino de Lula revela em seus quadros um ex-petista
Coluna: PoliticaMente



Silvio Santos fecha porta na cara de funcionário demitido. Carlinhos Aguiar buscava entender a sua demissão, mas assista o vídeo…
Coluna: Comportamento



URGENTE: Delator diz que Globo pagou propina para ter exclusividade de transmissão da Copa do Mundo
Coluna: PoliticaMente



Gleisi tentou dar carteirada durante depoimento mas passou o maior carão: “aqui não é o Senado”
Coluna: PoliticaMente



COM MUITO MEDO: Lula Confisca Celulares De Assessores Para Evitar Vazamentos Em Sua Caravana
Coluna: PoliticaMente



Ohio cancela execução após médicos não conseguirem encontrar veia de condenado
Coluna: Pelo Mundo



PARA MUDAR A SUA VIDA: 5 segredos da felicidade, segundo o ‘homem mais feliz do mundo’
Coluna: Coisa Linda, Religiosidade



Raquel Dodge arrebentou com a vida do ministro covarde: PGR denuncia ministro do TSE por agressão contra a própria mulher
Coluna: PoliticaMente



TRAGÉDIA: Maitê Proença fala sobre o assassinato da mãe pelo próprio pai, atriz falou abertamente sobre o trauma que a atingiu
Coluna: Comportamento



PÉ NOS FUNDOS: Maitê Proença conta como soube de demissão da Globo. Veja como é a política da ‘poderosa’
Coluna: Comportamento



CÂMARA-TUR – TURISMO PAGO PELO POVO: Viagem de Maia e nove deputados pelo exterior custará R$ 90 mil à Câmara. Visitarão Israel, Palestina, Itália e Portugal, mas pra que?
Coluna: PoliticaMente



CRIME CONFESSADO EM ÁUDIO: Deputado não desliga celular e reclamação sobre devolução de diárias no exterior vai ‘ao ar’
Coluna: PoliticaMente



General pede PRISÃO de LULA após discurso ofensivo na Paulista: ‘Maldita hora em que colocamos no poder alguém que valoriza mais um ‘microfone’ do que um ‘livro’.
Coluna: PoliticaMente



GRAVE DENÚNCIA: No velório do pai, filha de vereador acusa Renan Calheiros de homicídio. Veja o vídeo
Coluna: PoliticaMente



7217 postagens


continua após a publicidade