“Gilmar é nosso aliado”, diz deputado do PT (Veja o Vídeo). Gilmar Mendes está ficando numa situação complicada, nada condizente com a função que exerce

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

O ministro Gilmar Mendes está ficando numa situação complicada, nada condizente com a função que exerce.

Além da má fama, baseada em fatos reais, de que solta a bandidagem, impregna na sua imagem uma qualidade que não coaduna com a imparcialidade que obrigatoriamente deve ter um julgador.

Gilmar, segundo o deputado petista Wadih Damous, é ‘aliado’ do PT.

Um aliado ocasional, porque os interesses espúrios se convergem, mas um aliado.

‘Eu estive ontem com o Gilmar. Nós fomos lá levar as denúncias do Tacla Durán pra ele.

Quem vai botar a boca no trombone para apurar as denúncias? É o Gilmar Mendes.

Então, assim, nós temos que aprender a perceber o jogo do xadrez e a fazer política.

O Gilmar hoje é nosso aliado, amanhã volta a ser o nosso inimigo, mas hoje ele é nosso aliado. E nós somos aliados dele.’

É degradante.

Veja o vídeo:

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Governador petista concede medalha da Inconfidência para Marielle e Lindbergh e esquece de professora Heley

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

A Medalha da Inconfidência, maior honraria do governo de Minas Gerais, foi concedida na sexta-feira (20) à vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL), e ao motorista Anderson Gomes, assassinados há pouco mais de um mês.

Trata-se de uma homenagem in memorian, isto é, prestada a uma pessoa já falecida.

Uma homenagem justa, até mesmo em função da maneira trágica como foram assassinados.

De qualquer forma, fica uma sensação de injustiça no ar, em razão do ‘esquecimento’ da professora Heley de Abreu Silva Batista, que, inclusive, é mineira.

Na tragédia da Cheche Gente Inocente, em Janaúba (MG), no dia 05 de outubro de 2017, Heley morreu após tirar crianças do salão em chamas e lutar contra o vigilante Damião Soares dos Santos, que ateou fogo no local.

Heley, pedagoga, 43 anos, deixou três filhos, sendo um bebê de um ano e dois adolescentes, e o marido.

A valente professora é uma verdadeira heroína brasileira e merece todas as homenagens, jamais o esquecimento.

Além de Marielle e Anderson, outras 38 pessoas receberam a honraria, entre elas prefeitos, deputados e o senador Lindbergh Farias, o que demonstra que o governador Fernando Pimentel transformou a tradicional cerimônia num evento partidário.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Programa de Fátima Bernardes: o sucesso hoje é o Lixo Cultural… Pão, circo e vulgaridades ao povo!! É disso e para isso que eles vivem!

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Horário nobre da televisão aberta.

Aplaudida e elogiada pela “garra”.

Falou tanta ignorância que a certa altura a Fátima teve que chamar o comercial para evitar mais estupidez.

O sucesso hoje é isso…o lixo cultural. Gente que não sabe completar uma ideia, que vive do riso…

para o riso, que se satisfaz com prazer barato, primitivo…

e que por isso continua dominado pelos que adoram vê-los nesta ignorância sem fim. Pão, circo e vulgaridades ao povo!! É disso e para isso que eles vivem!

Estamos dentro de um buraco, soterrados por lama. Só mesmo uma revolução dos costumes poderá nos salvar…mas quando ouço a maioria dos jovens e das crianças – o que são, como pensam, de onde vieram, perco a total esperança no futuro.

Uma menina educada, gentil, legal, que se vista como gente…

não tem espaço nas emissoras.

Não faz sucesso porque sua qualidade agride. Bom é levar quem fala errado, quem fala palavrão e estupidez…

porque estas pessoas têm seguidores, milhares, porque não atraímos os opostos…apenas os semelhantes. Vivemos na era da mediocridade. Eles são muitos… e se deram as mãos.

Minha nave, por favor.

(Texto de Sheila Maria Prates)

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

CARA DE PAU DURA: Ao receber a medalha da Inconfidência, viúva de Marielle levanta a bandeira do MST (Veja o Vídeo)

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

O governador Fernando Pimentel (PT) conseguiu transformar a cerimônia de entrega da maior honraria do Estado de Minas Gerais, a medalha da Inconfidência, num evento eminentemente político e ideológico.

A população mineira está inconformada com o ‘esquecimento’ da professora Heley de Abreu Silva Batista.

Na tragédia da Cheche Gente Inocente, em Janaúba (MG), no dia 05 de outubro de 2017, Heley morreu após tirar crianças do salão em chamas e lutar contra o vigilante Damião Soares dos Santos, que ateou fogo no local.

Heley, pedagoga, 43 anos, deixou três filhos, sendo um bebê de um ano e dois adolescentes, e o marido.

A valente professora é uma verdadeira heroína brasileira e merece todas as homenagens, jamais o esquecimento.

Em contrapartida, inúmeros políticos sem qualquer ligação com Minas Gerais, receberam a honraria, caso, por exemplo, do senador Lindbergh Farias.

Causou estranheza a postura da viúva da vereadora Marielle Franco, que recebeu a homenagem ‘in memorian’. Ela ostentava a bandeira do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), atualmente uma facção envolvida em inúmeras práticas meramente eleitoreiras, absolutamente questionáveis e até criminosas.

Até então era desconhecida qualquer ligação da vereadora assassinada com o MST.

Enfim, Pimentel escrachou a medalha da Inconfidência.

É lamentável.

Veja o vídeo:

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Sem dinheiro e prestes a fechar as portas, Instituto Lula ‘transfere’ funcionários para PT e CUT

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Na última semana, a reportagem da revista IstoÉ acompanhou a movimentação e constatou que pouco mais de dez pessoas entram e saem do sobrado diariamente. Um deles é Paulo Okamotto, o presidente da instituição que, atolada em dívidas, vive seu ocaso.

Antes da prisão de Lula, a movimentação de petistas e aliados ainda era constante no Instituto, mesmo com a Lava Jato em pleno curso. O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, por exemplo, era um habitué. “Desde que o homem foi embora, acabou”. Essa é a frase repetida pelos taxistas dos dois pontos próximos.

Guardadores de carros, manobristas de estacionamentos e garçons testemunham diariamente o esvaziamento do Instituto. A movimentação se restringe ao ir e vir de funcionários, em número cada vez menor, que circulam entre a sede principal e um sobrado na rua detrás também usado como escritório da entidade.

O que ainda chama a atenção são os grafites na porta da garagem, que atraem olhares curiosos de quem entra ou sai do hospital situado no outro lado da rua.

Da época das doações milionárias e das caríssimas palestras proferidas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficaram apenas lembranças e alguns processos. O Instituto Lula naufraga em dívidas, operações suspeitas e bloqueios bancários e patrimoniais.

Desde a terça-feira 10, a Justiça indisponibilizou cerca de R$ 30 milhões em recursos e bens da entidade, do próprio Lula, de sua empresa de eventos e palestras — a L.I.L.S. — e de Paulo Okamotto. A decisão foi tomada pela 1ª Vara de Execuções Fiscais de São Paulo com o intuito de tentar quitar as dívidas fiscais com o governo federal e comprometeu definitivamente as finanças da entidade.

Os recursos ainda disponíveis seriam suficientes para cobrir apenas os próximos dois meses, mesmo assim com drástico corte de despesas, inclusive salariais, em uma folha de pagamentos que soma R$ 490 mil mensais. Sem dinheiro para pagar funcionários, alguns foram “transferidos” para a sede do PT, para assessorias parlamentares de petistas ou até mesmo para sindicatos da CUT.

Uma campanha de arrecadação disponível no site da entidade tenta recolher R$ 720 mil para manter as contas em dia até a virada do semestre. Até quarta 18, apenas R$ 163,4 mil haviam sido angariados.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Obama cogita visitar Lula, mas pode se surpreender com reação de Sérgio Moro

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Juiz paranaense poderá ser o responsável pela autorização ou não de Obama.

Conforme informações do vereador Eduardo Suplicy (PT-SP), o ex-presidente norte-americano, #Barack Obama, teria pretensões de vir no Brasil visitar o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva, que está preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba. A notícia se propagou rapidamente pelas redes sociais e a grande pergunta que tem aparecido é qual seria a reação do juiz federal Sérgio Moro diante desse fato.

De acordo com a publicação de Suplicy, a visita teria sido recomendada pelo linguista Noam Chomski. Em 2009, numa reunião do G20, Obama teria falado que Lula era o político mais popular da Terra. “Ele é o cara”, disse Obama.

Porém, com a chegada da Operação Lava Jato, começou a ser desmontado um esquema fraudulento que envolvia devastação nos cofres públicos e o petista acabou perdendo boa parte dos seus admiradores.

A visita de Obama poderia causar uma grande reação no juiz Sérgio Moro. O magistrado tem sido rígido e cuidadoso com todas as suas ações. Moro poderia impedir a visita, cumprindo as determinações das Leis Brasileiras.

A juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, tem sido a responsável em dar a decisão da Justiça sobre os casos que envolvem a prisão de Lula. Porém, uma advogada que não quis se identificar, comentou que todas as decisões da juíza têm antes o aval de Moro. Ela o consulta sempre antes de se decidir por alguma coisa.

Nestes últimos dias, governadores foram proibidos de ver o ex-presidente e até o ativista Adolfo Perez Esquivel, ganhador do Nobel da Paz, em 1980, também ganhou um “não” ao tentar falar com Lula.

Moro e Michelle Obama
Segundo um estudo anual da “YouGov” sobre as figuras públicas que mais são admiradas pelas pessoas, no ranking nacional, estão em primeiros nas listas masculinas e femininas: Sérgio Moro e Michelle Obama.

A pergunta que é feita às pessoas é: “Pensando em pessoas vivas no mundo hoje, quem (homem ou mulher) você mais admira?”.

O mais admirado
No Brasil, o juiz Sérgio Moro ganhou como o mais admirado pelos brasileiros em decorrência de todo o seu esforço no combate à corrupção. Em seguida aparece Obama e em terceiro Silvio Santos. Lula, mesmo com todas as acusações de corrupção e lavagem de dinheiro, ainda chegou ao sétimo lugar.

Na parte feminina, Michelle Obama lidera a lista, seguida pelas atrizes Fernanda Montenegro e Angelina Jolie. A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, aparece na oitava posição.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

VAZOU: Antes da prisão, completamente embriagado, Lula gravou vídeo dizendo que não quis fugir (Veja o Vídeo)

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Em vídeo divulgado neste domingo (22) nas redes sociais, o ex-presidente Lula diz que poderia ter fugido, mas ‘preferiu enfrentar os problemas’.

“Primeiro, que eu não tenho medo das denúncias contra mim porque sou inocente. Segundo, poderia ter fugido. Estive na divisa do Paraguai com o Brasil, estive em Foz do Iguaçu, estive do Uruguai e da Argentina, poderia ter saído. Poderia ter ido para uma embaixada”.

No vídeo, Lula ataca novamente o juiz Sérgio Moro, o procurador Deltan Dallagnol e a Rede Globo.

“A Globo é que dá veracidade às mentiras que eles contam.

E resolvi enfrentá-los.

É por isso que estou indo agora para Curitiba e quero pedir muita, mas muita vontade de lutar do povo brasileiro.

Eu estou com a consciência tranquila dos inocentes”, prosseguiu Lula.

Percebe-se claramente, que Lula já estava embriagado no momento da gravação.

Veja o vídeo:

VEJA TAMBÉM:

VÍDEO CONFIRMA QUE LULA BEBIA CACHAÇA DURANTE MISSA: TENTAM TIRAR A GARRAFA DA MÃO DELE, MAS ELE NÃO DEIXA!

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

O lamentável show de Dilma em San Diego (Veja o Vídeo). Se você não assistiu, não deixe de ver agora…

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Não permitam mais que Dilma empunhe um microfone. É verdadeiramente um atentado ao bom senso.

Na Universidade de San Diego, a asneira e o ‘dilmês’ triunfaram:

“É quando você usa a lei e os processos legais para não destruir fisicamente, mas destruir civil e CIDADAMENTE uma pessoa, ou melhor, CIDADANAMENTE”.

Augusto Nunes, em seu brilhante comentário de ‘Um Minuto’ no site da Revista Veja, definiu como ‘curso intensivo de cretinice’.

Veja o vídeo:

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Lindbergh tem novamente os bens indisponíveis por farra com o dinheiro público

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

No ano de 2005 o atual senador petista exercia o mandato de prefeito de Nova Iguaçú, no Rio de Janeiro.

Sua gestão foi marcada por diversos problemas e incontáveis denúncias de irregularidades, bem ao estilo PT.

Um dos casos envolve um convênio firmado no ano mencionado entre a prefeitura e uma tal Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ).

Na época, foi firmado um contrato, com dispensa de licitação, para realizar a Bienal do Livro no município.

Há indícios de que a fundação causou prejuízos de mais de R$ 1 milhão.

O senador e a instituição respondem esse processo.

Porém, passados 13 anos da ocorrência da bandalheira, o processo ainda se arrasta na 1ª instância.

É a terceira vez que a Justiça determina o bloqueio dos bens do senador.

Por essas e outras que a República de Curitiba é efetivamente diferenciada.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Para o atento Vereza, Joaquim Barbosa beneficiou a quadrilha do PT

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

A aposentadoria precoce de Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal (STF) é algo que realmente não ficou bem explicado.

E a sua atuação no julgamento do ‘mensalão’, na época aplaudida, hoje é bastante questionada.

São fatos que devem ser considerados e analisados, caso a sua pretensa candidatura presidencial se consolide.

O ator Carlos Vereza, cabeça pensante e memória fotográfica, relembra um fato interessante, que Barbosa foi protagonista e que, caso sua atitude fosse outra, poderia ter modificado toda a história recente do Brasil. Muito mal teria sido evitado. Vejamos:

“Sobre Joaquim Barbosa: quando o publicitário Marcos Valério procurou o ex-ministro disposto a revelar os bastidores do assassinato de Celso Daniel, Barbosa o ignorou e não satisfeito, condenou-o a maior pena no julgamento do Mensalão: mais de 40 anos.

E, Marcos, era um elemento de ligação, não era o mais perigoso. José Dirceu e outros petistas, os Capos obedientes do Capo maior, Lula da Silva, escaparam da pena de formação de quadrilha graças a um voto do boquirroto Celso de Mello. Não esqueci.”

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Parlamentares petistas exigem que despesas com ‘atos pró-Lula’ sejam custeadas com dinheiro público e repassam notas ao Congresso Nacional

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Parlamentares do PT repassaram ao Congresso Nacional despesas relacionadas à campanha política do partido contra a prisão de Lula, informa o Estadão.

O jornal encontrou na prestação de contas mensal de sete parlamentares gastos com deslocamento e alimentação que somam R$ 3.769,45.

“Os gastos foram registrados em São Bernardo do Campo (SP), onde Lula fez um ato no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC nos dias 5 e 6 de abril, após a ordem de prisão, e na região metropolitana de Curitiba, cidade onde o petista está preso desde o dia 7.

Os valores podem aumentar, porque as bancadas têm 90 dias para enviar às respectivas casas legislativas documentos comprobatórios para pedir reembolso de despesas.

Há pagamentos de pedágio, abastecimento de veículos, táxi e Uber, passagens aéreas compradas às vésperas do voo, pão de queijo, refeições e lanches.”

Repassar ao Congresso é o mesmo que pedir reembolso das despesas, que é o mesmo que cobrar dos pagadores de impostos o preço da choradeira.

Essa gente não cansa de dar prejuízo ao povo brasileiro.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Lula Pode Pegar Até 118 Anos De Prisão. Não Adianta Gritar ‘Lula Livre’

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Lula pode pegar até 118 anos de prisão. Além dos 12 anos que já cumpre na carceragem de Curitiba. Alem do Triplex o ex-presidente responde a outros seis processos, e mais uma denúncia criminal ainda sob exame da Justiça.

As ações contra Lula podem dar a ele pesadas sanções, somadas as que estão previstas para os crimes atribuídos ao petista, chegam a 29 anos, sem contar a já aplicada a ele no caso do imóvel do Guarujá (SP).

Os crimes de Lula são: corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa, obstrução de Justiça e tráfico de influência.

Em uma ação, o ex-presidente é acusado de receber propina de R$ 12,5 milhões da Odebrecht para construção de uma futura sede do Instituto Lula, em São Paulo.

Junto com esta também ha um imóvel vizinho ao seu em São Bernardo do Campo.

Na outra ação conduzida por Moro, o ex-presidente é acusado de receber das empreiteiras OAS, Schahin e também da Odebrecht vantagens indevidas por meio de reformas no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP).

As outras quatro estão no Distrito Federal, sob a guarda dos juízes Vallisney de Souza Oliveira e Ricardo Leite, titular e substituto da 10.ª Vara Federal. Lá estão casos relacionados às operações Janus, Lava Jato e Zelotes.

VEJA OS CRIMES E AS RESPECTIVAS PENAS QUE LULA PODE PEGAR

Corrupção passiva, ao qual Lula responde em quatro ações: 1 a 8 anos de prisão

Lavagem de dinheiro, também quatro casos: 3 a 10 anos

Obstrução de Justiça, um caso: 3 a 8 anos

Organização criminosa, duas ações: 3 a 8 anos

Tráfico de influência, uma ação: 2 a 5 anos

COM A PALAVRA, A DEFESA

A defesa de Lula tem negado reiteradamente todos os crimes de que o ex-presidente é acusado. O petista alega ser alvo de perseguição política.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Epidemia de bactéria que devora carne humana preocupa médicos

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

O aumento de 400% nos últimos 4 anos no número de casos de úlcera de Buruli, na região da Victoria, na Austrália, intriga especialistas locais

A epidemia de casos de úlcera de Buruli, causada por uma bactéria comedora de carne humana, no Estado de Victoria, na Austrália, preocupa médicos locais. A doença é comum em áreas tropicais, por isso o aumento de 400% nos últimos quatro anos, em uma região de clima temperado, como Victoria, intriga especialistas.

Até alguns anos atrás, as infecções eram mais comumente relatadas em áreas tropicais em Queensland, com casos ocasionais em outros Estados. Mas, somente no ano passado, foram registradas 275 novas infecções no Estado de Victoria, o que representa um aumento de 51% em relação a 2016.

Confira essa seleção de produtos especiais para as mães mais especiais!
Em um artigo publicado no periódico científico Medical Journal of Australia, médicos locais pediram financiamento do governo para pesquisar a doença e suas causas. “Ninguém entende o que está acontecendo e o que está motivando esta epidemia. Podemos oferecer pistas, mas não um parecer definitivo. É um mistério.”, disse Daniel O’Brien, especialista em doenças infecciosas e coautor da publicação, à BBC.

Hipóteses: chuva, tipo de solo e vida selvagem

Em países em desenvolvimento, a doença está associada a áreas úmidas e água parada, no entanto, na Austrália, os casos foram amplamente reportados em regiões costeiras. De acordo com o artigo, são registrados cerca de 2.000 casos da doença por ano, ao redor do mundo

Segundo O’Brien, algumas teorias para a disseminação da doença no país envolvem fatores como chuva, tipo de solo e vida selvagem. No ano passado, as autoridades encontraram vestígios da bactéria em fezes de possum, um tipo de marsupial, animal da família dos gambás.

“O problema é que não temos tempo para sentar e pontificar sobre isso – a epidemia atingiu proporções assustadoras”, afirma o médico.

Sem prevenção e com casos mais graves

Para piorar a situação, os médicos não sabem como prevenir a doença, que é causada pela bactéria Mycobacterium ulcerans, que destrói os tecidos. A infecção aparece como um pequeno caroço vermelho, parecido com uma espinha ou picada de inseto. Conforme o tempo vai passando, esse caroço aumenta gradualmente, podendo causar lesões destrutivas.

“A bactéria lentamente devora a pele e o tecido até ser tratada. Quanto mais tempo você deixa, pior fica. É uma infecção progressiva e destrutiva.”, explicou O’Brien à BBC.

Qualquer pessoa está susceptível à doença, que geralmente infecta os braços e pernas. Em comparação com outros tipos de bactérias devoradoras de carne, a úlcera de Buruli não é considerada a mais agressiva, embora o micro-organismo tenha a capacidade de devorar um membro inteiro.

O tratamento envolve uma combinação de antibióticos e tem 100% de eficácia. No entanto, as pessoas demorar para saber que estão infectadas, já que os primeiros sintomas podem levar até seis meses para aparecerem.

As úlceras são difíceis de curar e os pacientes muitas vezes experimentam um período de recuperação entre seis e 12 meses. Muitos precisam ser submetidos a cirurgias reconstrutivas, para minimizar os danos causados pelo parasita. Segundo o especialista, os casos também se tornaram “assustadoramente mais comuns e mais severos”.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Menina de 9 anos é baleada por garoto de 10 após reagir a tentativa de abuso na Bahia

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Caso ocorreu na cidade de Teixeira de Freitas, sul do estado. Arma usada pela criança era do irmão, que tem passagem pela polícia, e foi apreendida.

Uma garota de 9 anos foi baleada por um menino de 10 após reagir a uma tentativa de abuso sexual, na cidade de Teixeira de Freitas, extremo sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o caso ocorreu na sexta-feira (20), por volta das 19h.

Ainda segundo a polícia, as duas crianças são vizinhas e a menina foi encontrada ferida na casa da madrasta do garoto que atirou, localizada na Rua Projetada, bairro de Tancredo Neves.

A vítima foi atingida na região das nádegas. Ela foi socorrida e levada para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, onde passou por cirurgia e segue internada. Não há detalhes do estado de saúde dela.

A polícia informou que o garoto de 10 anos foi apreendido, levado para a delegacia e ouvido na presença de um representante do Conselho Tutelar da cidade. Após depoimento, a criança foi liberada.

A arma usada para ferir a vítima, uma garrucha, de acordo com a polícia, foi apreendida e pertence ao irmão do menino que atirou. O rapaz, de 17 anos, tem passagens pela polícia por tráfico de drogas e até este sábado (21), não havia sido localizado.

O menino que atirou na garota, segundo a polícia, é órfão de mãe e foi criado pelo pai, com outros seis irmãos. Ele segue com acompanhamento do Conselho Tutelar. A menina baleada mora com os pais. A Polícia Civil informou que vai abrir inquérito para apurar o caso.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Volta de Cármen Lúcia para Segunda Turma do STF já preocupa defesa de acusados

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Advogados de acusados ou mesmo condenados que têm casos em análise na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) já não escondem mais a preocupação com a mudança na composição do colegiado a partir de setembro.

Isso porque Cármen Lúcia voltará a integrar a turma no lugar de Dias Tofolli – o ministro a sucederá na presidência do STF a partir de setembro.

A avaliação é que a substituição mudará o perfil “garantista” da Segunda Turma, que tem concedido habeas corpus para vários políticos investigados na Operação Lava Jato, como o ex-ministro José Dirceu.

Advogados costumam torcer para que o caso de seus clientes seja analisado na Segunda Turma, já que a Primeira costuma se posicionar de forma oposta em processos semelhantes.

Atualmente, esse perfil garantista da Segunda Turma tem sido respaldado principalmente nos votos dos ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e do próprio Toffoli. Em questão penal, os três têm demonstrado afinidade nas decisões.

Ministros do Supremo já reconhecem que a maioria verificada em plenário pelo grupo dos ministros “consequencialistas”, agora também volta a ter presença na Segunda Turma.

“Pelo jeito, a Segunda Turma deixará de ser o Jardim do Éden para também se tornar uma câmara de gás”, comentou um ministro ao Blog, numa alusão aos apelidos das turmas usados pelos próprios integrantes do STF.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

OPORTUNIDADE: Receita Federal promove leilão com lotes de iPhone, MacBook e GoPro

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Leilão online tem eletrônicos mais baratos; produtos devem ser retirados pessoalmente no Rio de Janeiro

Receita Federal leiloa uma série de produtos apreendidos no Aeroporto Internacional Galeão – Antônio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro.

Os lotes contam com equipamentos eletrônicos, como celulares e câmeras de ação. Os trâmites começam a partir de segunda-feira (23) e seguem até dia 3 de maio, quando está previsto para acontecer o pregão.

A maioria dos lotes é destinada a pessoas jurídicas, mas é possível encontrar alternativas voltadas para o consumidor final.

Há, inclusive, uma opção que traz a câmera GoPro Hero 4 Silver e um iPhone 6 Plus, com o lance mínimo de R$ 800 – para fins de comparação, o preço oficial dos dois aparelhos juntos sai por volta de R$ 3 mil.

Entenda como funciona o leilão da Receita Federal para eletrônicos

Como funciona o leilão?
Estão disponíveis 41 lotes e o pregão é feito de forma online. Em primeiro lugar, os participantes dão sugestões de valor por cada lote. Só passa para a próxima fase o consumidor que der um lance até 10% menor do que a melhor proposta.

Após concluir a etapa online, os produtos devem ser retirados no próprio Aeroporto Galeão ou no depósito dos Correios, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Um lote voltado para pessoa jurídica, contendo um MacBook de 12 polegadas, um Mac mini, um smartwatch, além de quatro iPhones e uma GoPro Hero 4 Silver traz o lance mínimo de R$ 30 mil. É importante citar que só o notebook da Apple custa mais de R$ 10 mil no Brasil.

Testamos o iPhone 6 Plus – Review

Vale reforçar que a Receita Federal não se responsabiliza pelo frete. O próprio participante deve ir até o local para retirar os aparelhos. Também não há qualquer tipo de garantia em relação aos possíveis defeitos de funcionamento.

Os leilões da Receita Federal são uma oportunidade para quem deseja pagar mais barato em eletrônicos. No entanto, eles podem afastar as pessoas por conta da burocracia. É preciso ter um certificado digital, além de passar por algumas etapas até conseguir pegar os produtos arrematados.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

BOMBA: Zé Dirceu conta como mulher de João Santana foi torturada para delatar Dilma

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

“O que fizeram com a Mônica foi terror psicológico. Colocaram ela na triagem de Piraquara, uma das piores penitenciárias do Paraná, totalmente dominada pelo crime.

Colocar na triagem significa o seguinte: te colocam numa cela pequena, sem luz, sem nada. Te dão a comida pela bocuda.

Sai para tomar banho dez minutos e volta.

Em dois dias você faz delação, né?”, disse o ex-ministro José Dirceu, em mais um trecho de sua entrevista a Mônica Bergamo.

O ex-ministro também falou sobre João Santana.

“Ele falou para mim depois, um pouco como desabafo, angustiado: ’Não tenho condição’. Preocupado, né?

Porque as pessoas têm vergonha de fazer delação. Eu falei: ’João Santana, da minha parte você vai continuar tendo o meu respeito. Essa é uma questão de vocês’.

Já os empresários têm as razões deles, salvar a empresa, o patrimônio, os empregos.”

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

CANALHA: Lei Rouanet libera R$ 1,3 milhão para FHC fazer auto-propaganda

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

No momento em que setores do Poder Judiciário tentam asfixiar financeiramente o Instituto Lula, o Ministério da Cultura do atual governo de Michel Temer, fruto de um golpe liderado pelo PSDB, autorizou o Instituto FHC a captar R$ 1,3 milhão para promover uma exposição que faz propaganda sobre o Plano Real, ocorrido há 24 anos.

Nesta sexta-feira, em mais uma entrevista, FHC, que segundo sua ex-amante Miriam Dutra tem apartamentos em Paris e Nova York, disse que Lula, condenado por reformas inexistentes num imóvel da OAS no Guarujá (SP), não é um preso político, mas sim um “político preso” (saiba mais aqui).

Embora conte com a mídia e as “instituições” a seu favor, FHC não consegue ter o reconhecimento de Lula, que lidera todas as pesquisas sobre sucessão presidencial.

Leia, abaixo, a nota de Ancelmo Gois:

A Fundação Fernando Henrique Cardoso poderá captar até R$ 1.291.364,97, pela Lei Rouanet, para atualizar a exposição “Um plano real: a história da estabilização do Brasil”.

A mostra permanente da fundação “recria a experiência da crise de hiperinflação das décadas de 1980 e 1990 e mostra a retomada da estabilidade econômica com a implantação do Plano Real”.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Pressão internacional após prisão de Lula está deixando Moro em pânico

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Explicando. Assim que o depoimento chegou às redes sociais, a senadora gaúcha Ana Amélia recuperou o relho verbal que usara para estimular agressões fascistas contra a caravana de Lula no Sul para dizer: “espero que essa exortação não tenha sido para convocar o exército islâmico a vir ao Brasil proteger o PT”.

Na mesma linha, o deputado major Olímpio, estrela do bolsonarismo-2018, apresentou denúncia ao Ministério Público Federal, alegando que o vídeo configurava crime contra a Segurança Nacional. O MP abriu um procedimento preliminar que, em tempos de normalidade democrática, estaria destinado ao arquivo morto pelo ridículo.

Nos dias atuais, quando até um Premio Nobel da Paz como Adolfo Perez Esquivel foi duas vezes impedido de encontrar-se com Lula, restando a manhã desta 6a feira como última possibilidade de uma visita, nenhum absurdo pode ser descartado – pois acusações bombásticas, mesmo sem fundamento legal algum, são um ótimo ingrediente para elevar a pressão contra Lula e seus direitos, ainda que desta vez estejam confundindo Al Jazeera com Al Fafa, como sintetiza o deputado Paulo Pimenta.

Ao impedir uma visita de Esquivel, a Lava Jato segue a mesma linha de intervenção aplicada a Lula: todo esforço consiste em tentar tornar o Premio Nobel da Paz invisível.

Não custa recordar alguns fatos essenciais.

O presidente Lula foi mandado para a prisão para cumprir uma pena de 12 anos e um mês em regime fechado, após um julgamento sem crime demonstrado, no qual as garantias previstas na Constituição não foram respeitadas. Nesta situação, a senadora Gleisi Hoffman tem todo direito de denunciar a prisão de Lula, dentro e fora do país. Até porque de 55% da população brasileira que, conforme levantamento do instituto Ipsos concorda que “a Lava Jato faz perseguição política contra Lula”.

Não há nada para ser criticado aqui. Muito menos para ser investigado pelo Ministério Público, como se fosse possível dirigir e censurar as opiniões de uma senadora eleita por 3,1 milhões de votos, em 2010.

Depois de produzir, meia dúzia de vídeos que foram divulgados em outros países, em várias latitudes, Gleisi tem motivos de sobra para se dirigir aos países árabes, com os quais Lula e seu partido têm uma relação especial de convivência e solidariedade.

Sem jamais ter descuidado de laços com históricos com o Estado de Israel, no governo Lula ocorreu a necessária aproximação com os países que produziram uma imensa corrente migratória em direção ao Brasil, com uma contribuição inegável para nossa economia e nossa cultura, na medicina e na literatura, sem falar na culinária. Antes de Lula, o comércio entre o Brasil e o Oriente Médio era uma ninharia econômica, da ordem de 2 bilhões de dólares. Cresceu cinco vezes nos oito anos de governo Lula, passando a 10 bilhões.

Num esforço para encontrar erros no vídeo de Gleisi, o Globo encontrou dois. Para ficar num exemplo: ela disse que Lula foi o único presidente brasileiro que fez uma visita a todos os países do Oriente Médio. O “erro” dela foi esquecer duas visitas mais rápidas de Dilma.

No vídeo, Gleisi lembrou que o Partido dos Trabalhadores sempre foi favorável a criação de um Estado Palestino. Pode parecer espantoso, subversivo, terrorista. Não, major Olímpio. Não, Ana Amélia. A ONU defende um Estado palestino desde 1947, quando autorizou a criação de Israel. Reforçou essa proposta em 1967, após guerra dos Seis Dias.

Na realidade, para quem pretendia defender Lula, Gleisi foi até modesta. Deixou de destacar uma iniciativa concreta de Lula pela paz. Isso ocorreu em 2009 quando, ao lado do governo da Turquia, Lula participou de negociações com o Irã pelo controle de pesquisas nucleares, chegando a um acordo provisório, que serviu de inspiração para um pacto assinado mais tarde, menos efeito que o original. Como se sabe, Lula não agia por conta própria, mas com estímulo de Barack Obama, então presidente dos Estados Unidos.

Os ataques a Gleisi expressam o receio claro da Lava Jato e seus aliados diante da grandiosa campanha internacional pela libertação de Nelson Mandela, uma das maiores da história. O mesmo temor está por trás do tratamento pouco respeitoso ao Premio Nobel da Paz Adolfo Perez Esquivel.

Nem todos se recordam, mas Mandela era um ilustre desconhecido fora da África do Sul em 1964, quando foi condenado a prisão perpétua. Deixou o cárcere vinte e sete anos depois, em 1991, depois que uma campanha internacional contra o apartheid e por sua libertação ganhou força planetária, incluindo boicote ao comércio com a Africa do Sul.

A cúpula dos governos desenvolvidos se dividiu: Ronald Reagan e Margareth Tatcher sustentaram o Estado racista até o fim dos seus dias, com apoio de aliados menores, enquanto partidos e governos progressistas marchavam pelo outro lado. Sob o governo de François Mitterrand, e impulso da primeira dama Danielle Mitterrand, uma das maiores passeatas da história da França tomou as ruas de Paris para pedir liberdade para Mandela.

Verdade que Lula possui, hoje, uma estatura internacional que Mandela só adquiriu após longos anos de prisão. Enquanto Lula já recebeu 230 000 assinaturas favoráveis a sua indicação ao Nobel, Mandela foi laureado em 1993, dois anos depois de sair da prisão, e dividiu o Premio com o primeiro ministro sul-africano com quem dividiu a transição para o fim do apartheid. As denuncias sobre terrivel rotina na prisão ajudou na sistematização da plataforma internacional minima de direitos de prisioneiros, que leva seu nome.

No universo conservador em alta em boa parte da Europa e nos Estados Unidos de Donald Trump, o mundo também é outro, com ventos políticos diferentes daqueles que sopravam há 40 anos.

Não deixa de ser sintomático que, no esforço para manter Lula silencioso e invisível, a Lava Jato tenha ignorado até a Regra Mandela, assumida pela ONU como plataforma internacional mínima de direitos de prisioneiros.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

É ISSO QUE O BRASIL MERECE! De modo rápido, Cármen Lúcia desfaz ‘manobra’ de Marco Aurélio para livrar Lula

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, consegue deter tentativa de ministro em livrar ex-presidente Lula da prisão.

A presidente da mais alta instância de Justiça, ministra Cármen Lúcia, que comanda o Supremo Tribunal Federal (STF), a partir de Brasília, tem enfrentado momentos complicados e desafiantes em relação aos vários interesses demonstrados por ministros da Suprema Corte do país, muitas vezes, ávidos pela soltura de criminosos de “colarinho branco”.

Um dos casos mais emblemáticos e polêmicos já julgados pelo Poder Judiciário refere-se à prisão do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

O ex-mandatário petista foi preso após confirmação de condenação no Tribunal de segunda instância responsável pela revisão de casos da Operação Lava Jato; o Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4), de Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul.

Após confirmada a sentença proferida em primeira instância, pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz a maior operação anticorrupção em toda a história contemporânea do país, o ex-presidente Lula acabou sendo preso com base nas acusações relacionadas ao caso do Tríplex do Guarujá, o que culminou numa pena de doze anos e um mês de prisão em regime fechado, pela prática de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Lula foi considerado até há poucos meses como a maior esperança do Partido dos Trabalhadores (PT) para a próxima disputa eleitoral com vistas à campanha para a Presidência da República, o que acabou resultando em um plano naufragado.

‘Contragolpe’ de Cármen Lúcia desfaz ‘manobra’ que salvaria Lula

Apesar da decretação de prisão e cumprimento da pena em andamento por parte do ex-presidente Lula, a presidente do Supremo Tribunal Federal (#STF) irá se deparar na próxima semana com uma nova tentativa implementada pelo ministro da Suprema Corte, Marco Aurélio Mello.

O magistrado vice-decano do STF pretende levar para pauta de julgamentos uma ação que busca acabar com a prisão de condenados após esgotados os recursos em segunda instância. Na prática, a intenção dessa ação impetrada pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e que possui apoio do ministro Marco Aurélio, favorável ao acolhimento da ação, é livrar o ex-presidente Lula da prisão.

Outro fator que deve ser levado em conta é que o jurista responsável pela ação a ser julgada no Supremo trata-se de Celso Bandeira de Mello, um crítico contumaz e extremamente contrário à Operação Lava Jato. Bandeira de Mello defende que Lula estaria sendo “perseguido pela Justiça brasileira”, segundo informações repassadas pelo site “O Antagonista”.

Entretanto, para que essa ação surta efeito na tentativa de soltura do ex-presidente Lula, os ministros favoráveis ao fim da prisão em segunda instância, como Marco Aurélio Mello, teriam que “passar por cima” da presidente da Corte, Cármen Lúcia.

A própria magistrada, ao lado de outros ministros, como Rosa Weber, compreendem que a atual jurisprudência é muito recente, datada de 2016, e que não haveria motivos para alterá-la, em relação à manutenção da prisão em segunda instância, o que “desmontaria” qualquer tentativa de mudança, já que o modelo atual está consolidado e qualquer alteração de jurisprudência no atual momento, seria visto pela população brasileira e parte expressiva da sociedade civil organizada, como um “golpe” para a soltura de Lula da cadeia.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

A um passo da liberdade. Suzane von Richthofen está prestes a ganhar a rua, mas não quer fazer teste psicológico….

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Suzane von Richthofen, de 34 anos, já se queixou de ser a única presa do trio que, em 2002, planejou e executou a morte de seus pais, Manfred e Marísia von Richthofen. Seu cúmplice e namorado à época do crime, Daniel Cravinhos, passou para o regime aberto há três meses. Cristian Cravinhos, o irmão mais velho de Daniel, já estava na rua havia sete meses, até ser obrigado a voltar para a cadeia na semana passada.

Já Suzane, condenada a 39 anos de prisão — pena idêntica à de Daniel e apenas um ano maior que a de Cristian —, continua detida, com permissão para dormir fora da cadeia em apenas cinco saídas curtas por ano. O fato de até hoje ela não estar em liberdade, como seus comparsas, deve-­se, neste momento, sobretudo a uma decisão pessoal. Suzane, que aos 18 anos confessou ter ajudado a matar os pais a pauladas com o objetivo de receber uma herança de 10 milhões de reais, tem se recusado a submeter-se a um teste psicológico determinado pela Justiça.

Todas as vezes que um preso tenta progredir para um regime mais brando, é submetido a exames criminológicos. Suzane pediu progressão ao regime aberto em maio do ano passado. Logo em seguida, a juíza Wania Regina Gonçalves da Cunha, da 2ª Vara de Execuções Penais de Taubaté, determinou que ela passasse pelos testes.

Eles foram feitos em novembro de 2017 e o laudo ficou pronto no início deste ano. Os resultados foram favoráveis à jovem, mas nem tudo correu bem. A juíza criticou o fato de os testes terem sido aplicados por especialistas do quadro da penitenciária de Tremembé, que têm contato estreito com Suzane. Por causa disso, em março passado, a magistrada indicou uma banca de especialistas, formada por um médico psiquiatra e dois psicólogos independentes, para refazer os exames de Suzane.

Os especialistas, a pedido da juíza, deveriam responder, entre outras questões, se a detenta “tem algum tipo de transtorno mental, se tem consciência moral, qual explicação dá para o crime em que se envolveu, se mostra arrependimento pelo que fez, se tem sinais ou traços de agressividade e, principalmente, se pode reincidir”.

Além disso, a pedido do Ministério Público, a juíza decidiu juntar à bateria de exames convencionais um teste adicional — o de Rorschach. Suzane aceitou refazer o criminológico, respondendo àquele rol de perguntas formulado pela juíza, mas não aceitou o Rorschach. Seu advogado, o defensor público Saulo Dutra de Oliveira, formalizou o protesto de sua cliente em um agravo de execução impetrado na 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo. “Em primeiro lugar, a agravante não é obrigada a submeter-se a qualquer exame”, escreveu.

Ele argumentou que Suzane não “é objeto de estudo” para passar por testes que não são comumente aplicados à população carcerária. “A Defensoria Pública tem diversas ressalvas ao famigerado teste de Rorschach”, completou. 

Esse teste, desenvolvido pelo psiquiatra e psicanalista suíço Hermann Rorschach no começo do século passado, é composto de dez pranchetas com borrões de tinta de diferentes formatos e cores. Ao analisado cabe examinar uma a uma as manchas e dizer o que enxerga nelas. A ideia é que as respostas projetem aspectos da personalidade do paciente, incluindo os que ele eventualmente não quer que venham à luz. O teste não é unanimidade, coisa rara de acontecer em campos complexos como a psicologia, mas é amplamente adotado. No Brasil, é validado pelo Conselho Federal de Psicologia.

Na saída da cadeia, Suzane Richthofen encontra o noivo, Rogério Olberg,…

Na saída da cadeia, Suzane Richthofen encontra o noivo, Rogério Olberg,… (Jefferson Coppola/.)


…e cumprimenta parentes dele em frente à penitenciária. Dali, eles seguem rumo a…

…e cumprimenta parentes dele em frente à penitenciária. Dali, eles seguem rumo a… (Jefferson Coppola/.)


…Angatuba e, cinco dias depois, Suzane se despede para voltar ao cárcere, em Tremembé

…Angatuba e, cinco dias depois, Suzane se despede para voltar ao cárcere, em Tremembé (Jefferson Coppola/.)

As varas de execuções penais das cercanias de Tremembé costumam aplicar na maioria da população carcerária exames criminológicos simples e só exigem o teste de Rorschach para autores de crimes específicos: sexuais, extraordinariamente violentos ou cometidos em série. “A decisão de submetê-la (Suzane) a exames rigorosos ocorre porque ela cometeu crime grave, um duplo homicídio contra a própria família.

É uma medida para proteger a sociedade”, escreveu o promotor Paulo de Palma em seu parecer. No início do mês, em resposta ao agravo de execução impetrado pelo defensor de Suzane, o desembargador Damião Cogan decidiu que a jovem não é obrigada a aceitar passar por testes que não deseja. Mas ressalvou: “A eventual recusa da agravante (no caso, Suzane) em submeter-se ao exame será considerada demérito para a progressão”. Ou seja: ela pode não fazer o teste, mas precisa aguentar as consequências negativas da recusa.

Suzane tem motivos para tentar escapar do Rorschach. Em 2014, a única vez que se submeteu ao teste, o laudo a descreveu como “manipuladora”, “dissimulada”, “narcisista” e “possuidora de agressividade camuflada”. No fichário de exames da jovem, constam relatos que detalham como ela costuma se comportar diante dos especialistas. Numa das vezes em que foi examinada, entrou na sala e imediatamente perguntou a um dos psicólogos se era psicopata. O especialista pediu que ela própria respondesse à pergunta, ao que Suzane retrucou, rindo:

“A mídia diz que sim”. Para psicólogos forenses, comportar-­se com bom humor durante uma avaliação criminológica é uma estratégia para criar um ambiente favorável e seduzir os profissionais com o intuito de obter um resultado positivo. Suzane, afirma um especialista que já esteve diante dela, às vezes muda de tática no decorrer da sessão. Começa se apresentando de cabeça baixa, com os ombros curvados e fazendo voz de criança. Se nota que não convence, recompõe a postura e passa a enfrentar o interlocutor, ora encarando-o com firmeza, ora respondendo a seus questionamentos com outra pergunta.

Os laudos anexados ao processo de execução penal de Suzane dizem ainda que ela tem “fantasia de onipotência” — ou seja, crê que tem poder absoluto sobre as pessoas que estão à sua volta. Ao comentarem o “narcisismo” da detenta, os examinadores observam que “ela acredita ser a única referência do mundo em que vive”. Para o Ministério Público, no entanto, o que mais complica a situação de Suzane quando se analisam os laudos de seus testes projetivos é a visão que ela tem do crime que cometeu.

Especialistas asseguram que há na jovem “ausência evidente de arrependimento”. Ao ser questionada sobre o assassinato dos pais, não esboça nenhuma emoção e limita-se a sustentar a versão de que era uma menina ingênua, manipulada pelo ex-namorado.
Desde 2014, Suzane namora o marceneiro Rogério Olberg, de 38 anos, morador no município de Angatuba, a 357 quilômetros de Tremembé. Olberg tem uma irmã, Luciana, que cumpre pena no local e foi quem aproximou o casal.

Quando começou a namorar, Suzane passou a ter não apenas um romance, mas também mais chance de obter autorização para saídas eventuais da cadeia. Antes de conhecer Olberg, ela chegou a abrir mão do benefício das saídas por não ter um endereço para fornecer à Justiça, requisito obrigatório para a permissão. Parte da família de Olberg aprova o namoro do rapaz com a jovem, outra parte o condena por achar que ela “usa” o namorado e vai abandoná-lo assim que ganhar a liberdade.

O destino dos irmãos Cravinhos

Vida nova, nome novo - Daniel, o ex de Suzane: com o sobrenome da mulher, Alyne

Vida nova, nome novo - Daniel, o ex de Suzane: com o sobrenome da mulher, Alyne (//Reprodução)

Daniel Bento de Paula e Silva, ex-Daniel Cravinhos, hoje com 37 anos, diz para quem quiser ouvir que permanece em lua de mel. Em 2014, ainda na prisão, ele se casou com a biomédica Alyne Bento, que conheceu no pátio da Penitenciária de Tremembé — ela visitava o irmão preso e é filha de uma agente penitenciária. Daniel aproveitou o casamento para adotar o sobrenome da mulher e se livrar do seu, que ficou indelevelmente associado ao crime que cometeu.

Solto há três meses, o ex-namorado de Suzane Richthofen voltou a construir aeromodelos e se prepara para participar de competições no esporte em que já foi campeão nacional. Cristian, seu irmão mais velho e cúmplice no assassinato, havia deixado a cadeia antes dele, em junho de 2017. Planejava arrumar emprego e dar palestras para alunos de direito. A ideia era contar sobre sua experiência como réu no tribunal do júri, falar sobre o funcionamento do sistema carcerário e sobre o desafio de voltar à rua depois de quinze anos preso. Na quarta-feira 18, porém, acusado de agredir a ex-mulher, descumprir as regras do regime aberto e tentar subornar os policiais para que não lavrassem o flagrante, Cristian voltou para a cadeia.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

As verdades que o Big Brother esconde de você. O auge desse amplo programa de controle se dá com o aniquilamento da consciência histórica

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Winston Smith vive num mundo pervertido pelos excessos da economia centralizada. A cidade é Londres. O ano é 1984. Em cada esquina, em cada vitrine e em cada apartamento existe, ao lado da sigla INGSOC (Socialismo Inglês), cartazes com o retrato de um homem sereno, porém austero, conhecido apenas como Big Brother.

“Será que ele existe de verdade?”, pensa Winston. “Será que não é apenas uma invenção do Partido?”

Pouco importa.

A figura está em toda parte e passa a impressão de que tudo vê. “O Grande Irmão zela por ti”, dizem as legendas dos cartazes. É claro que um ser dessa magnitude, mesmo fictício, tem o poder de se materializar na realidade. É o Leviatã, o deus uno e indestrutível, o senhor de todas as consciências.

No mundo desse Big Brother implacável, nada pertence ao indivíduo, a começar por sua vontade. Os passos de todos são monitorados 24 horas por dia. Para isso, o Partido conta com o auxílio de aparelhos tecnologicamente avançados. Parecem televisores, mas Winston sabe que são filmadoras.

Chamam-se teletelas e funcionam como uma linha direta de comunicação entre o Partido e os “cidadãos”. Todas as movimentações políticas, econômicas e militares são detalhadamente transmitidas aos membros do INGSOC. O problema é saber se as informações são verdadeiras.

As energias intelectuais e até mesmo físicas necessárias a qualquer reação são absorvidas por um programa denominado Dois Minutos de Ódio. Todos os dias, os membros do Partido se reúnem diante de imensas teletelas instaladas em prédios públicos para xingar os inimigos do Partido.

O auge desse amplo programa de controle se dá com o aniquilamento da consciência histórica. O Partido mantém um ministério — ironicamente chamado Ministério da Verdade — destinado a eliminar não só os documentos pré-revolucionários, mas toda e qualquer notícia díspar aos pensamentos e às profecias do Grande Irmão.

“Quem controla o passado”, diz o lema do Partido, “controla o futuro; quem controla o presente, controla o passado”.

Está nos planos do Partido a criação e o aprimoramento da Novilíngua. O objetivo é simplificar o idioma. Desta forma, e por consequência, o pensamento e a realidade política simplificam-se também, varrendo das mentes a capacidade de revolta e o desejo de mudança.

Por fim, para que o Partido seja o final feliz da História e para que o Grande Irmão seja eterno, é necessário que haja alguém funcionando como o “culpado por nossa desgraça”. É o caso de um certo Goldstein, tão imaginário quanto o próprio Grande Irmão. É contra ele que são dirigidos os xingamentos dos Dois Minutos de Ódio.

É claro que a história de Winston termina em tragédia. Descobertas as suas dúvidas a respeito do Grande Irmão, é preso e levado aos subterrâneos do Ministério do Amor. Torturado, aceita que “dois mais dois são cinco” e chega a admitir, com sinceridade, que tudo que pensou de mal sobre o Partido era heresia.

“Mas agora estava tudo em paz, tudo ótimo, acabada a luta. Finalmente lograra a vitória sobre si mesmo. Amava o Grande Irmão”.

***

Você acaba de ler um resumo bastante rápido de 1984, romance que George Orwell escreveu para denunciar o estalinismo (preocupação pontual do seu tempo) e lançar uma advertência sobre os perigos das ideologias totalizantes (um temor que assalta a contemporaneidade).

É fácil enxergar as teletelas, a Novilíngua e os Dois Minutos de Ódio como a onipresença digital, a precariedade do ensino e o ódio das redes sociais presentes em nossos dias. Em muitos de seus itens, ao que parece, o romance-profecia se realizou. Mas há uma espécie de “erro” nos capítulos finais do livro. Todos dizem que 1984 é uma das obras mais pessimistas do século XX, mas suspeito que Orwell foi bastante otimista ao mostrar que Winston só se dobrou sob tortura.

O autor sugere com isso que teríamos a capacidade de perceber o engodo à nossa volta e, mesmo que por poucos momentos, pensar com a própria cabeça. Convenhamos, foi muita fé numa humanidade que, de Big Brother, conheceria apenas o programa mais inútil e xexelento de toda a história da TV.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Morra de rir com essa ‘querida’ imbecil… A aula de Dilma em San Diego: como assassinar o português Ex-presidente ensina que a Justiça do Inimigo destrói uma pessoa cidadamente. Ou cidadanamente… assista o vídeo

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

No meio do palavrório na Universidade Estadual de San Diego, Dilma Rousseff resolveu ensinar como funciona no Brasil o que batizou de Justiça do Inimigo:

“É quando você usa a lei e os processos legais para não destruir fisicamente, mas destruir civil e cidadamente uma pessoa”.

Nem fez uma pausa para corrigir: “cidadanamente”.

Além de não explicar o que é Justiça do Inimigo, a ex-presidente conseguiu assassinar a língua portuguesa com a invenção de duas palavras que nenhum dicionário registra: cidadamente e cidadanamente.

Os idiotas , como constatou Nelson Rodrigues, estão por toda parte. Mas só no Brasil do PT dois imbecis juramentados chegaram à Presidência da República.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Jovem que teve 45% do corpo queimado por desconhecida lembra angústia: ‘Nunca fiz mal a ninguém’

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Estudante foi atacada quando saía de mercado em São Luís de Montes Belos e suspeita do crime está presa. Vítima teve alta de hospital, mas ainda passa por procedimentos a cada dois dias em Anápolis.

A estudante de farmácia Beatriz Carneiro de Araújo, de 20 anos, conta como ficou abalada após ter 45% do corpo queimado durante ataque de uma desconhecida em São Luís de Montes Belos, a 120 km de Goiânia. Ela está passando por tratamento no Hospital de Queimaduras de Anápolis, a 55 km de capital, e precisa ir a cada dois dias na unidade para fazer raspagens.

Ao lembrar do episódio, que ocorreu no último dia 16 de março, a estudante relata que ficou em choque com o ocorrido e que não conhece a autora.

“Nunca tinha visto a mulher. Fiquei muito desesperada. Essa dor eu não desejo para ninguém”, disse em entrevista à TV Anhanguera.

A jovem estava saindo de um mercado quando o vidro do carro dela foi quebrado e a autora jogou álcool e ateou fogo nela. A vítima conta que sentiu o gosto do álcool na boca e, mesmo com o carro já em movimento, saiu correndo.

“Lembro do desespero de pensar porque daquilo. Eu estava com muita angústia. Fiquei repetindo: ‘Eu nunca fiz mal a ninguém’. […] Fiquei muito nervosa, mas com muita dor porque eu vi que tinha queimado. Estava desesperada e o pessoal tentando me acalmar. A dor era imensa”, recordou.

Estudante de farmácia tem 45% do corpo queimado ao ser atacada dentro de carro em São Luís de Montes Belos, Goiás (Foto: Arquivo pessoal)Estudante de farmácia tem 45% do corpo queimado ao ser atacada dentro de carro em São Luís de Montes Belos, Goiás (Foto: Arquivo pessoal)

Estudante de farmácia tem 45% do corpo queimado ao ser atacada dentro de carro em São Luís de Montes Belos, Goiás (Foto: Arquivo pessoal) 

Após o incidente, Beatriz foi hospitalizada e começou o tratamento. Enquanto estava internada, ela não sabia quanto do corpo havia sido queimado ou dos riscos que estava correndo.

“Eu não tinha ideia do quão grave estava a minha situação. No momento não pensava no outro dia. Sentia dor, mas não tinha noção da gravidade. Foi um baque para família, para os amigos, para todo mundo”, completou.

Beatriz já passou por três cirurgias enquanto estava internada. A estudante, que mora em São Luís de Montes Belos, contou que está ficando em Anápolis para voltar ao Hospital de Queimaduras a cada dois dias para fazer raspagens. Ela ainda deve passar por mais uma operação para colocar enxertos no braço.

Estudante Beatriz Carneiro de Araújo, de 20 anos, que foi queimada por desconhecida em São Luís de Montes Belos Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Estudante Beatriz Carneiro de Araújo, de 20 anos, que foi queimada por desconhecida em São Luís de Montes Belos Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Ao ser questionada sobre o que espera em relação a autora do crime, a estudante disse que espera que ela fique detida e não volte a atacar outras pessoas. Para o futuro, Beatriz quer retomar a rotina e seguir com os estudos.

“Quero recuperar minha saúde física e mental, que estão abaladas. Não tenho que pensar por que isso aconteceu comigo, isso entreguei para Deus, mas quero me recuperar, terminar minha faculdade. Quero tentar terminar ano que vem e seguir buscando coisas boas”, concluiu.

Uma mulher suspeita do crime foi presa no mesmo dia do ataque. Ela teve prisão preventiva decretada durante a audiência de custódia. O G1 não conseguiu localizar o delegado responsável pela investigação para falar sobro o inquérito ou a defesa da presa, para comentar o caso.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Manuela rotula todos os candidatos e adivinhe o que ela reservou para Lula (veja o vídeo)

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Essa moça que atualmente exerce o mandato de deputada estadual no Rio Grande do Sul é verdadeiramente uma grande piada.

Sua pré-candidatura a presidência da República é outra piada.

E as opiniões que tem sobre os demais candidatos não devem ser levadas a sério, pois para ela, Lula é ‘trabalhador’.

Recentemente, participando de um programa de TV na Bahia, o apresentador pediu que com uma palavra a deputada definisse cada um dos pretensos candidatos a presidente.

Lula ela definiu como ‘trabalhador’.

É tudo que Lula não é e nunca foi.

Abaixo, veja o vídeo:

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Homem que fez foto e “trollou” Manuela reaparece e desmente Gleisi (Veja o Vídeo)

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Na velha e enfadonha prática da vitimização, logo após o episódio em que um ‘anônimo’, no infame acampamento ‘Lula Livre’, após ganhar um abraço da deputada Manuela D’Ávila, trollou a parlamentar gaúcha gritando ‘Aqui é Bolsonaro’, o PT sob o comando de sua presidente Gleisi Hoffmann convocou uma entrevista coletiva e fez o anúncio bombástico sobre o cidadão protagonista dos fatos:

“Já descobrimos que é uma pessoa da Polícia Civil”, declarou a enfática senadora.

Gleisi afirmou com convicção, fazendo apenas a ressalva que ainda não sabia se era ‘agente’ ou ‘delegado’.

Pois então, o rapaz reapareceu, revelou sua identidade e desmentiu a petista.

Trata-se de Valdemar Ignaczuk, um mero trabalhador brasileiro, um caminhoneiro.

Veja o Vídeo:

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Hipócrita, Manuela já viveu bons momentos com Aécio (Veja o Vídeo)

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Quem vê os discursos radicais da deputada gaúcha Manuela D’Ávila, por certo desconhece a relação próxima e a grande afinidade que ela já teve com o senador Aécio Neves, a quem hoje repudia com extrema veemência.

É a mais absoluta incoerência da esquerda festiva.

Manuela, então recém-eleita deputada federal, idos de 2008, visitava com frequência o Palácio da Liberdade, em BH.

Na foto, a deputada pede o apoio financeiro ao então governador para realização da 1ª Conferência Nacional da Juventude.

Aécio, evidentemente, não resistiu aos encantos da comunista e deu toda ajuda requerida.

Mais tarde, em 2011, Aécio fez as vezes de ‘cabo eleitoral’ para a reeleição da ilustre companheira.

Veja o vídeo:

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Vídeo desmonta nova farsa petista e mostra o elevador do tríplex de Lula (Veja o Vídeo)

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

O PT em mais uma tentativa insana de desqualificar a Operação Lava Jato, disparou a ladainha de que no tríplex do Guarujá não havia elevador, conforme narrado na denúncia dos procuradores da República de Curitiba.

Para tanto, os medíocres mentirosos divulgaram um vídeo, onde os desocupados do dito Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Teto (MTST) transitavam pelo imóvel e propalavam que lá não havia o tal elevador.

Pura balela. Mais uma mentira.

O tríplex tem elevador PRIVATIVO que atende os três andares. Tem ainda duas garagens, duas suítes, três quartos, churrasqueira e piscina.
O PT é infame.

O vídeo abaixo esclarece com absoluta clareza:

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Relegado a solidão, Lula assusta o advogado Zanin. O teor do bilhete é chocante. Leia….

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

O último bilhete enviado por Lula a militância foi assombroso.

Aquele homem otimista, vigoroso, que procurava enaltecer a sua energia e disposição, deu lugar a um homem solitário e introspectivo.

O próprio Cristiano Zanin teria percebido que Lula começa a entrar numa fase depressiva.

Na tentativa de reanimá-lo, ele próprio se encarregou de levar os filhos para visitá-lo.

Mas nada chocou tanto, quanto o teor do bilhete enviado na quarta-feira (18) à militância.

“Queridos e queridas companheiras,

Vocês são o meu grito de liberdade todo dia. Se eu não tivesse feito nada na vida, e tivesse construído com vocês essa amizade,

já me faria um homem realizado. Por vocês valeu a pena nascer e por vocês valerá a pena morrer.
Lula.”

A preocupação maior é que a esperança que os próprios advogados haviam dado a Lula, de que seria libertado rapidamente, praticamente se esvaiu.

Por outro lado, no passado, Lula já teve noutra oportunidade, um quadro depressivo.

Na prisão, Lula não sai para tomar sol, só anda pela cela e assiste televisão.

Uma rotina depressiva.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

SEMPRE CONTRA O BRASIL: Gilmar Mendes prorroga por 60 dias investigação contra Aécio Neves. TUDO PELOS BANDIDOS….

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

O ministro Gilmar Mendes prorrogou por 60 dias as investigações sobre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no âmbito de um inquérito que apura “maquiagem” de informações prestadas pelo Banco Rural à CPMI dos Correios, informa o Estadão.

Além disso, também determinou que o inquérito contra o senador seja encaminhado à Polícia Federal para a realização de diligências.

“Tendo em vista que há diligências pendentes (…), defiro a prorrogação de prazo, nos termos requeridos.

Ante o exposto, determino o prosseguimento das investigações, deferindo o prazo de sessenta dias para conclusão das investigações”,

determinou o ministro, em decisão assinada no dia 13 de abril.

Compartilhe essa notícia nas suas redes sociais, comente no final da postagem!

Compartilhe: peloamordeDeus.com