Marcos Valério confirma a Moro que Joaquim Barbosa deu cobertura a Lula no assassinato de Celso Daniel. Assista o vídeo do depoimento

Compartilhe agora:

A Polícia Federal deu mais um passo em sua cruzada para desfazer a atuação política do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, e fechou sozinha um acordo de delação com o publicitário Marcos Valério. Desde 2012, o operador do mensalão do PT vem tentando firmar um acordo de redução de pena com a PGR sem sucesso.

A suspeita de que Roberto Gurgel, seu sucessor na PGR, Rodrigo Janot e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, atuavam para proteger o ex-presidente Lula no processo do mensalão e blindá-lo sobre o esclarecimento de um dos crimes mais mistérios da história política do país está prestes a ser confirmada.

O publicitário afirmou que chegou propor falar na justiça sobre o envolvimento de Lula no assassinato de Celso Daniel, mas que teria sofrido uma campanha de difamação por parte de sites e blogs controlados pelo partido do ex-presidente-  “PT tem esta mania de querer desmoralizar as pessoas para tirar a credibilidade destas pessoas”, afirmou Marcos Valério ao juiz Sérgio Moro.

Segundo o publicitário, em 2013, o então ministro do Supremo Tribunal Federal, STF, Joaquim Barbosa o encaminhou ao então Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, que esteve à frente da PGR entre julho de 2009 e 14 de agosto de 2013. O procurador teria dito que estava com pressa e não tinha interesse em fazer nenhum acordo com Marcos Valério.

Valério afirmou em depoimento prestado em 2012 que o empresário Ronan Pinto havia ameaçado Lula, seu ex-secretário da Presidência, Gilberto Carvalho, e o então ministro da Casa Civil, José Dirceu, por isso teria recebido os 6 milhões de reais do PT,

Na época, o então presidente do STF, Joaquim Barbosa admitiu saber do teor das denúncias feitas por Valério, mas não respondeu se considerava a acusação grave e disse que tomou conhecimento “não oficial” do depoimento dado por Marcos Valério. “Tomei conhecimento oficioso, não oficial”.

Não é normal que um presidente do STF e um procurador da República ignorem uma denúncia envolvendo chantagem e um homicídio.

O publicitário confirmou ao juiz Sérgio Moro que foi procurado  pelo ex-secretário geral do PT Silvio Pereira, que lhe pediu dinheiro para pagar um homem que estava chantageando o ex-presidente Lula, ameaçando revelar detalhes sobre o assassinato de Celso Daniel. O ex-secretário geral do PT queria R$ 6 milhões para comprar o silêncio do empresário Ronan Maria Pinto. Segundo Marcos Valério, o dinheiro saiu de um esquema de desvios na Petrobras relativo à um contrato envolvendo o aluguel de sondas através do banco Schahin, que entregou o dinheiro ao amigo de Lula, o ex-pecuarista José Carlos Bumlai.

“Nós estamos com problema. O presidente está com um problema muito sério. Está sendo chantageado por uma pessoa e essa pessoa tá exigindo um recurso no valor de R$ 6 milhões.” Justificou Silvio Pereira. Marcos Valério ficou com receio de participar da jogada, sabendo que se tratava de algo muito sério e pediu ao então secretário geral do PT para deixá-lo de fora da operação.

O amigo de Lula, José Carlos Bumlai, Ronan Maria Pinto, o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares e o ex-secretário do PT, Silvio Pereira, foram presos temporariamente na 27ª fase da Operação Lava-Jato, a Carbono 14. Na ocasião, Bumali confirmou o repasse do dinheiro ao PT.

Marcos Valério Fernandes assinou um acordo de delação premiada com a Polícia Federal no processo conhecido como mensalão tucano. A informação sobre a colaboração foi confirmada pela PF no dia 19 de julho deste ano.

Em junho de 2016, Valério entregou ao PGR mais uma proposta de delação premiada. Em 24 de março de 2017, Rodrigo Janot informou que não havia interesse por parte do órgão na delação do réu e recusou o procedimento.

A lei permite que acordos de colaboração premiada sejam fechados tanto pelo Ministério Público como por delegados de polícia, mas há uma disputa sobre essa competência. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, entrou com uma Adin (ação direta de inconstitucionalidade) no Supremo no ano passado para impedir os acordos com a polícia.

Segundo a PF, o processo foi encaminhado para o Supremo Tribunal Federal (STF). Marcos Valério já prestou vários depoimentos à corporação referentes à delação. A homologação do acordo está sob análise do STF porque há, no processo, investigados com foro privilegiado.

Acompanhe abaixo uma parte do depoimento de Marcos Valério que prestou ao juiz Sérgio Moro no qual esclareceu parte do episódio envolvendo o assassinato de Celso Daniel:


Leia mais em: PoliticaMente

:) Espalhe essa notícia


:) Receba as novas notícias no Facebook


:) Curtir o site




VIRALIZOU: Honestidade de menino emociona eletricista que foi cortar luz de casa por falta de pagamento
Coluna: Coisa Linda



Filho de doméstica e pedreiro, jovem de SC tenta conseguir dinheiro para estudar em Harvard
Coluna: Coisa Linda



Moradores relatam suposto pouso de ‘disco voador’ no litoral de SP. Marcas na vegetação e relatos de munícipes falam sobre evento misterioso em Peruíbe
Coluna: Sobrenatural



Navio que surgiu em praia de SP pode guardar ‘tesouro’ desconhecido. 100 anos enterrado e está praticamente intacta.
Coluna: Sobrenatural



De volta à Câmara Temer exonera 8 ministros; veja estratégias para barrar denúncia
Coluna: PoliticaMente



SERÁ MESMO? Delações mostram que Dilma sofreu impeachment porque se opôs a esquema de corrupção
Coluna: PoliticaMente



VERGONHA: DEPOIS DE 1 MÊS prefeito do Rio visita Praia da Macumba, na Zona Oeste do Rio, para vistoriar obras de contenção
Coluna: PoliticaMente



VÍDEO: Especialista em sexualidade explica como ensino de “ideologia de gênero” em escolas é prejudicial para crianças
Coluna: Videos



Extinção da Lei Rouanet bate recorde e alcança 100 mil apoiadores no Senado
Coluna: PoliticaMente



VÍDEO: “Aécio representa as vontades dos políticos que serão ‘escaralhados’ pela Lava Jato”, diz Tognolli
Coluna: PoliticaMente



VÍDEO: “Para Lulistas, pobre tem que revirar lixo”, diz Joice Hasselmann
Coluna: PoliticaMente



Thiago Lacerda da piti com seguidores: “Falta nu na vida dessa gente hipócrita e reprimida”
Coluna: Comportamento



Todos os detalhes e mentiras do emblemático inventário de Dona Marisa. A farsa acabou!
Coluna: PoliticaMente



Casal de pastores é indiciado por estupros de fiéis em Edeia, deveriam ter relações sexuais com o homem para quebrar maldições
Coluna: Policial



Pilotos da Air Berlin são investigados por manobra arriscada em ‘voo de despedida’. RASANTE NA TORRE DE CONTROLE!
Coluna: Pelo Mundo



NÃO ME ENGANA: Dodge, a nova ‘bosta’ na PGR, que quer se passar por boazinha, aponta Geddel como ‘líder de organização criminosa’. EU QUERO É MAIS CADEIA E MENOS BLÁ BLÁ BLÁ!!!!
Coluna: PoliticaMente



VÍDEO – PASMEM! LULA discursa DESNORTEADO e ganha conselho: “PICA A MULA, FOGE”. Conheça o “LÍDER” da Esquerda
Coluna: PoliticaMente



ASSISTA O VÍDEO ESPETACULAR: SENADO declara o FIM DO STF e SENADORES agora são INTOCÁVEIS.
Coluna: PoliticaMente



O REI DA ENGANAÇÃO POLÍTICA! Trump viaja com sósia de Melania e internet não perdoa!
Coluna: Pelo Mundo



Rio 2016: Cabral e Nuzman viram réus por corrupção, mas como aqui é Brasil, Nuzman foi solto pelo STJ
Coluna: PoliticaMente



ESTE É O NOSSO BRASIL PF intercepta ligação telefônica entre Aécio e Gilmar Mendes, com confirmação de crimes…
Coluna: PoliticaMente



Síndica do prédio dos R$ 51 mi diz que a chave do bunker era “pega” por Geddel e Lúcio
Coluna: PoliticaMente



Na Rússia: Gleisi e Paulo Bernardo são vaiados por brasileiros em museu de São Petersburgo
Coluna: Pelo Mundo



BOMBA!!! POR ESSA A FÁTIMA BERNARDES NÃO ESPERAVA (VEJA O VÍDEO)
Coluna: PoliticaMente



URGENTE: Janaína Paschoal se desespera com ameaças de morte e pede ajuda
Coluna: PoliticaMente


6744 postagens