Intervenção ganha força e apoios de outros militares após fala de general Mourão. Se a “baderna” não acabar, vamos acabar com ela….

Compartilhe agora, comente no final da postagem!

Primeiro comandante brasileiro da Força de Paz no Haiti, Augusto Heleno publica apoio ao general Mourão em rede social

Segundo algumas notícias, a fala do general Antônio Hamilton Mourão, na última sexta-feira (15) de uma possível intervenção militar, não só caiu como uma bomba no Palácio do Planalto, como muitos guerreiros da mais alta patente das Forças Armadas começaram apoiar a intervenção militar como há única forma de acabar com a corrupção, já que a Justiça, em especial os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) não estão sendo competente o para punir, e principalmente colocar na cadeia todos que roubaram e continuam roubando o Brasil.

Tanto meus amigos que, ontem em uma entrevista ao programa “Conversa com Bial” na Rede Globo, o Comandante do Exército, General Villas Bôas, saiu em defesa do general Mourão, afirmando que não haverá nenhuma punição pela fala de Mourão. Muito pelo contrário, fez questão de registrar que, durante o período militar, o Brasil registrou um dos maiores crescimento na economia.

E que o artigo 142 da Constituição Federal estabelece que, por iniciativa de qualquer dos poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário, o exército brasileiro poderá ser convocado para manutenção da ordem. Em outras palavras, o Exército entende que NÃO é GOLPE de ESTADO, ao contrário. A intervenção militar serve para conter o caos.

A realidade de uma possível intervenção militar está ganhando tanta força, que o primeiro comandante brasileiro da Força de Paz no Haiti, general quatro-estrelas da reserva Augusto Heleno, publicou em sua rede social Facebook, uma declaração de apoio ao general Mourão. – “Meu apoio irrestrito ao meu amigo de longa data e respeito chefe militar (Mourão).

É preocupante o descaramento de alguns políticos, indiciados por corrupção e desvio de recursos públicos, integrantes da quadrilha que derreteu o País, cobrando providências contra um cidadão de reputação intocável, com 45 anos de serviços dedicados à Pátria”. E mais. “Aconselho que, pelo menos, se olhem no espelho da consciência e da vergonha”. escreveu Augusto Heleno.

Agora o que me chama atenção, é ver o ministro da Defesa Raul Jungmann, ter a cara de pau em convocar o comandante do Exército, general Villas Bôas, para dar explicações em relação às declarações ditas por Mourão, e “orientá-lo quanto às providências a serem tomadas”.

Justamente Julgmann, que além de ser citado em delação premiada de ex-executivos da Odebrecht, acusado de ter recebido caixa dois da empreiteira, também chegou à manter dois mandatos eletivos, um de deputado federal e outro de vereador em Recife, conforme artigo do site notícias RBA.

E mesmo tendo deixado a Câmara, Jungmann recebeu o salário integral, como um “vereador fantasma” na folha de pagamento municipal de Recife, acumulando desta forma dois salários por cargos ao mesmo tempo.

O que é proibido de acordo com o artigo 54 da Constituição, que os deputados e senadores não poderão, desde a posse, ser titulares de mais de um cargo ou mandato público eletivo. Ou seja. Quem realmente precisa dar explicações…?

(Com conteúdo Estadão, RBA)

Compartilhe agora, comente no final da postagem!
:) Receba as novidades no Facebook!


Leia mais 7884 postagens, clique na categoria: PoliticaMente
Página Inicial




Intervenção no Rio precisa adentrar no cruel mundo do samba, que financia os bandidos, drogas, armas e muito mais…
Categoria: PoliticaMente



Moro impede que Lula cometa em Curitiba a malandragem processual que faz em Brasília (Veja o Vídeo)
Categoria: PoliticaMente



O bispo é flagrado na mentira. Ele nunciou que iria à sede da Agência Espacial Europeia, mas…
Categoria: PoliticaMente



Ninguém vai ficar surpreso se o exército tomar as ruas e o congresso, depois da iminente prisão de Lula
Categoria: PoliticaMente



Finalmente começa a intervenção militar! Rio de Janeiro será o primeiro estado e já está em andamento para todo o Brasil.” É inevitável”, afirma General do Exercito
Categoria: PoliticaMente



Dias Toffoli diz que Judiciário não deve “satanizar” políticos. Será que é vendido?
Categoria: PoliticaMente



Lava Jato: De 147 Inquéritos Nas Mãos De Fachin, Só 5 Viraram Processos. É a vergonha nacional na forma da justiça
Categoria: PoliticaMente



URGENTE: Moro nega pedido de Lula para suspender perícia sobre o sistema de propina da Odebrecht
Categoria: PoliticaMente



REVOLTADOS COM O CHEFE DA PF, SEGOVIA: Em memorando, delegados da PF dizem que ‘não admitirão’ interferência em investigações. CLIMA TENSO!
Categoria: PoliticaMente



SERGIO MORO EM VÍDEO: “SE O BRASIL NÃO APOIAR A LAVA-JATO, VAGABUNDOS TOMARÃO CONTA DE TUDO! “
Categoria: PoliticaMente



Leia mais 7884 postagens na página inicial