Ex-ministra da Justiça alemã critica Temer: “Brasil é outro mundo”

Ex-ministra da Justiça da Alemanha entre os anos de 1998 e 2002, Herta Däubler-Gmelin criticou o presidente Michel Temer e afirmou que o Brasil “é outro mundo”.

Disse, ainda, que a “intromissão” de magistrados em conflitos políticos cotidianos “compromete a neutralidade e a independência do juiz”.

Sobre Temer, foi direta: “nunca aconteceria na Alemanha de um presidente sob suspeita de corrupção, com denúncia apresentada pela própria Procuradoria-Geral da República, não renunciar imediatamente ao cargo”.

A afirmação da advogada, ex-deputada federal e professora na Universidade Livre de Berlim foi dada em entrevista à Deutsche Welle Brasil, que esteve no Brasil para participar de um debate público sobre democracia.

Leia a entrevista concedida à Agência DW:

DW Brasil: A senhora veio ao Brasil participar de um debate ao lado do ex-ministro Tarso Genro que, pelo título – “Política x Justiça: Qual o futuro da democracia?” –, coloca Justiça e política em lados opostos.

Herta Däubler-Gmelin: A intenção é refletir sobre a democracia que queremos. É uma democracia em que as decisões são tomadas de cima para baixo, em que algumas pessoas não são consideradas cidadãs, em que o sistema judiciário é usado apenas para privilegiar ricos e poderosos, para preservar privilégios? Ou queremos uma democracia participativa? Quais elementos precisam pertencer a essa democracia? Há bons exemplos, mas há exemplos muito ruins nesse sentido.

DW: Dentro dessas reflexões, qual é a tendência do Brasil?

Eu ouço que existem muitos acontecimentos preocupantes. Sob a perspectiva alemã, devo dizer que não é comum ver juízes interferirem nas disputas políticas cotidianas na Alemanha. Esse comportamento é, absolutamente, um “no go”. Isso não pode acontecer de forma alguma. Isso compromete a neutralidade do juiz, sua independência e até jurisdição. Isso coloca também a confiança da população na instituição em cheque.

Por outro lado, nunca aconteceria na Alemanha de um presidente sob suspeita de corrupção, com denúncia apresentada pela própria Procuradoria-Geral da República, não renunciar imediatamente ao cargo.

Tivemos um caso notório na Alemanha [renúncia do presidente Christian Wulff, em fevereiro de 2012]. Tratava-se de 700 Euros. Mas, obviamente, assim que o procurador-geral apresentou a denúncia, estava claro para a opinião pública que o presidente tinha que renunciar. E foi o que ele fez.

Aqui é outro mundo. Então eu posso entender a certa descrença que há aqui no atual desempenho do Judiciário, de alguns juízes e juízas – mas é claro que não estamos falando de todos, também há tendências completamente diferente, como sabemos.

DW: Como a senhora acompanha e avalia a atual crise política no Brasil?

Os acontecimentos políticos no Brasil estão sendo noticiados pela imprensa alemã e internacional. E depois de tudo o que vi e li nestes últimos dias, temo que esteja havendo um retrocesso cruel com impactos para a população mais pobre. É lamentável.

DW: O Brasil tem um sistema presidencialista, e, atualmente, boa parte do Congresso está sendo investigada. Como a senhora avalia o desempenho do Judiciário em garantir o bom funcionamento da democracia?

Quando o objetivo é garantir uma democracia participativa, os elementos que pude observar na Justiça daqui nem sempre são favoráveis. Existem muitas possibilidades de que alguns atores influenciem e conduzam processos de maneira parcial. E nessa interação, quando também se considera o papel do presidente, vemos uma estranha parcialidade entre Judiciário e Legislativo, ou até uma cegueira em relação às suspeitas de corrupção envolvendo políticos que precisam ser investigadas. Isso é muito preocupante e não é de se admirar a queda extraordinária da confiança nas instituições.

DW: Quão importante é investigar suspeitas de corrupção para manter a democracia fortalecida?

A corrupção parece ser um problema muito grave no Brasil. Por isso eu apoio muito o combate a corrupção. Mas é necessária uma luta ampla, em todas as direções, independentemente do partido. Se um presidente governa pelos interesses de poucos poderosos e recebe um tratamento diferente, mesmo anteriormente tendo se posicionado a favor de uma democracia participativa e da inclusão dos mais pobres, então é uma catástrofe.

DW: O autoritarismo e extremismo político parecem estar se espalhando pelo mundo. Como a senhora avalia essa tendência?

Há diferentes ameaças à democracia. As correntes mais autoritárias e conservadoras estão mais fortes não apenas na América Latina, mas também na Europa. Lá também vemos uma queda significativa da confiança na democracia, por motivos diferentes. Também há a questão do autoritarismo, como alguns partidos na Polônia ou na Hungria, que pregam de maneira muito forte elementos antidemocráticos e que tentam, dessa forma, se estabilizar como um poder. Pessoalmente, não acho que isso possa se concretizar em médio prazo.

Por outro lado, naturalmente há também problemas relacionados à globalização que têm um efeito muito negativo sobre a democracia. Pois muitas pessoas têm a impressão de que as decisões não acontecem mais na política, mas no campo da economia. Então elas ficam inquietas quando têm a sensação de que os políticos não cuidam mais de seus interesses ou de suas necessidades.


:) Espalhe nas suas redes



:) Essa notícia


:) Facebook


:) Curtir o site









‘Se Neymar quer chegar ao nível do Messi, deve deixar de fazer teatro’, diz defensor do Celtic


Vídeo da mansão de Sérgio Cabral em Mangaratiba que será leiloada. Paraíso na Terra com o dinheiro que roubou do povo para ter vida de rei!


Tiroteio no acesso à Rocinha provoca pânico e fecha a Lagoa-Barra, na Zona Sul do Rio. A cidade “maravilhosa” está em guerra, governo incompetente


“Com o dinheiro da segunda denúncia vou levar minha família pra Disney”, disse Deputado. o maior balcão de negócios da América Latina


SEGUNDA DENÚNCIA É UMA ARMAÇÃO PARA NOVAMENTE TEMER GASTAR MAIS ZILHÕES COMPRANDO O CONGRESSO COM NOSSO DINHEIRO


NA MIRA DO TIRO: Raquel Dodge quer a cabeça de Deltan Dallagnol na Lava Jato


Populares encontram Meirelles em Nova York e detonam hostilidades e xingamentos (veja o vídeo)


Sargento Roseno Detona o Congresso nacional é Clama por intervenção Militar


Pensando em 2018, Maia janta com opositores de Temer e sinaliza mudança de lado


Ministro da saúde diz que Brasil deve fechar 80% dos hospitais públicos. Leia a entrevista com o “cidadão” e pasme!


LIXO EM DOSE DUPLA: Claudia Leitte anuncia parceria com Anitta. “Cantoras” farão uma música e gravarão vídeo clipe também


Doria diz que quer cobrar imposto de Netflix, outras plataformas, aplicativos e desperta a fúria de usuários


Procuradores da Lava Jato descobrem que foram enganados por Raquel Dodge


Teori Zavascki não teve morte em vão, nomes e propinas da Odebrecht são revelados, veja aqui!


Mãe descobre abuso ao questionar filha sobre virgindade: ‘Foi o seu marido’. Menina de 12 anos sofreu abusos dos 8 aos 11


‘Eles estão mexendo com um político que não roubou’, diz Lula sobre investigações. Voltou a desafiar investigadores e afirmou não ter medo deles


23 de setembro de 2017: Alinhamento planetário – Fim da escuridão. 4 planetas: a Lua, o Sol, e mais 6 estrelas na constelação de Leão, incluindo a estrela Regulus


Fotografia revela um obsessor em centro espírita no momento em que começavam as preces de abertura


VAZOU! ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão diz; “Moro vai condenar lula”


REVISTA ÉPOCA: VAZOU; LULA PODE PEGAR 15 ANOS DE PRISÃO NO CASO ATIBAIA


Ministro do STJ nega recurso de Lula que apontava parcialidade de Sérgio Moro


MENSAGEM URGENTE DE DIVALDO FRANCO: “O Brasil corre risco pois os espíritos de luz estão com dificuldades para nos ajudar”. Leia agora toda a mensagem


EMMANUEL, REENCARNADO, SERÁ UM LÍDER POLÍTICO NO BRASIL? – DIVALDO FRANCO RESPONDE


ATENÇÃO BRASIL: Na calada da noite, comissão da Câmara aprova “bolsa político” de até R$ 3,6 bilhões


Ministro da Defesa e Exército se reúnem em nova decisão sobre o general Mourão


LEIA AGORA – Sergio Moro diz: ‘A Lava Jato vai acabar’, o principal responsável se pronunciou para a população.


URGENTE: Subprocuradora que opinou pela suspeição de Moro responde a processo disciplinar por engavetar mais de mil processos


URGENTE: STJ aceita discutir suspeição do juiz Sérgio Moro nos casos contra Lula. Se perder não poderá mais julgar casos envolvendo o petista


Youtuber perde um testículo durante desafio para ganhar seguidores. Foi brincar de “Beijo ou Pontapé Nas Bolas”


Maconha faz com que homens héteros se tornem gays, aponta estudo


Depois de quase 20 anos de casado, homem descobre que esposa era homem


Pabllo Vittar ameça deixar o Brasil caso Bolsonaro seja eleito em 2018


39% das mulheres odeiam essa posição para o amor – e têm um motivo, descubra aqui…


5 coisas que os homens não reparam nas mulheres na hora do amor


Marcos Valério confirma a Moro que Joaquim Barbosa deu cobertura a Lula no assassinato de Celso Daniel. Assista o vídeo do depoimento


Mulher grava vídeo para o amante se confunde e manda no grupo da família, seu marido acaba vendo e o pior acontece!


Vai explodir! Mais um general, Marco Antonio Felicio da Silva, manifesta posição favorável para intervenção militar


Presidente da Shell diz que quer o pré-sal e ainda debocha de brasileiros. Brasil já entregou parte do pré-sal a preços até 100 vezes menores que o valor de mercado


Vídeo de José Márcio Castro Alves DETONA o governo e fala TODAS as verdades que os Brasileiros gostariam de dizer


BOMBA! Com Janot fora da PGR, Cunha promete a delação do fim do mundo (palavras dele), vai entregar mais de 200 parlamentares de todos os partidos


Intervenção ganha força e apoios de outros militares após fala de general Mourão. Se a “baderna” não acabar, vamos acabar com ela….


Gilmar mendes fala sobre “prisão de Janot”: “vai passar o resto da vida na cadeia!”

bt_leiamais1
Tudo sobre política, clique aqui

bt_leiamais1
6140 postagens