É O AMOR: DELATOR CONFIRMA QUE TEMER comprou para Marcela um andar inteiro em um dos prédios mais caros de São Paulo



Investigado pela Operação Lava Jato, o advogado e ex-assessor da presidência da República José Yunes relatou em depoimento à Polícia Federal que fez apenas uma operação de venda de imóvel para Michel Temer; ele respondeu a 30 perguntas sobre sua relação com o peemedebista, de quem é amigo há 50 anos e de quem foi assessor no Palácio do Planalto, no inquérito que investiga suposta propina a Temer no Porto de Santos advogado e ex-assessor da Presidência da República José Yunes relatou em depoimento à Polícia Federal, no dia 30 de novembro, que realizou apenas uma operação de venda de imóvel para o presidente Michel Temer.

A GloboNewS teve a íntegra do depoimento de Yunes, que é investigado por suspeita de corrupção na Lava Jato.

Ele respondeu a 30 questões sobre a sua relação com presidente, de quem é amigo há 50 anos e de quem foi assessor no Palácio do Planalto, no inquérito que investiga suposta propina a Temer no Porto de Santos. Yunes pediu demissão do cargo em dezembro de 2016, após ser delatado pela Odebrecht.

Na pergunta de número 24, Yunes é questionado pelo delegado Ricardo Ishida sobre quais negócios realizou com Temer e se já havia vendido algum imóvel ou repassado algum valor ao presidente. Yunes respondeu:

QUE nunca vendeu nenhum imóvel para ele como pessoa física; QUE há cerca de vinte anos, quando o declarante tinha uma incorporadora, MICHEL TEMER comprou um andar em um prédio comercial da incorporadora do declarante à época; QUE o andar adquirido é o da Rua Pedroso Alvarenga, 900, 10º andar,

sendo tudo contabilizado e informado nas declarações de imposto de renda do declarante e de MICHEL TEMER; QUE não se recorda de nenhum outro negócio envolvendo o Presidente TEMER; QUE nunca fez repasses de valores para Presidente TEMER ou para qualquer emissário dele ou do partido PMDB”.

O único negócio com Temer citado no depoimento de Yunes à PF foi o andar no prédio aonde fica localizado o escritório político do presidente.

O advogado de Yunes, José Luís Oliveira Lima, negou ao blog que tenha havido qualquer omissão no depoimento de Yunes à PF. Segundo ele, quando Yunes prestou depoimento, respondeu a todas as perguntas que lhe foram feitas: “Esclareceu que o presidente Temer comprou há vinte anos um imóvel comercial de uma incorporadora que lhe pertenceu. Essa operação foi devidamente registrada no IR”, explicou.

Yunes é apontado pelo operador financeiro Lúcio Funaro, que fez uma delação premiada, como um dos responsáveis por administrar as propinas supostamente pagas ao presidente e por fazer o “branqueamento” dos valores. De acordo com Funaro, para lavar o dinheiro e disfarçar a origem, Yunes investia os valores ilícitos em sua incorporadora imobiliária.

Em julho passado, a revista “Veja” revelou que a família de Temer comprou do advogado dois escritórios, uma casa e o andar de um prédio em áreas nobres de São Paulo que valeriam atualmente, segundo a reportagem, R$ 18,4 milhões, e foram adquiridos entre os anos 2000 e 2010, quando Temer era deputado federal.

Indagado sobre o fato de não terem sido citados outros imóveis que foram negociados entre as famílias Yunes e Temer, o advogado afirmou que não houve perguntas a respeito.

Um desses imóveis é um andar do edifício Spazio Faria Lima, no Itaim Bibi. Em relação a ele, Oliveira Lima disse que o imóvel foi “vendido pela empresa YUNY, a qual José Yunes não tem nenhuma relação societária”. A empresa YUNY foi fundada por Yunes, mas hoje pertence aos filhos dele. O imóvel foi comprado por Temer três anos antes do seu lançamento, em 2003.

Em junho de 2010, Yunes comprou uma casa no bairro Alto de Pinheiros, zona também nobre de São Paulo, por R$ 750 mil. Um mês depois o imóvel foi vendido à atual primeira-dama Marcela Temer por R$ 830 mil, quantia doada a ela pelo marido antes da compra, segundo informou a assessoria do Planalto à revista.

Sobre a casa de Marcela Temer, primeira-dama, o advogado afirmou que “em momento algum José Yunes foi indagado pela autoridade policial sobre qualquer operação comercial efetuada com a Sra. Marcela Temer, se tivesse sido perguntado teria esclarecido pois a mesma foi absolutamente regular e inserida no IR”.

Seja o primeiro a compartilhar com seus amigos!


Leia mais, clique em: PoliticaMente


:) Espalhe essa notícia!


:) Receba as novidades no Facebook!


:) Curtir o site!


Comente no final da postagem!

Últimas Notícias




Ormar Prado quase agride quando questionado se “ladrão” poderia disputar a eleição (Veja o Vídeo)
Coluna: PoliticaMente



SERÁ QUE É CÍNICO? FHC sai em defesa de Lula: “Tem partido, história e trajetória. Já Bolsonaro é um homem autoritário…. leia tudo
Coluna: PoliticaMente



Para justificar transmissão do julgamento de Lula, tribunal diz que caso é excepcional
Coluna: PoliticaMente



Começou a marmelada! STF analisa pedido de habeas corpus preventivo para Lula. Autor é morador do interior do Paraná
Coluna: PoliticaMente



Ministério Público vai pedir prisão imediata de Lula. Maurício Gerum, segundo o Estadão, vai mencionar todas as provas contra o petista.
Coluna: PoliticaMente



Sérgio Moro ‘enfrenta’ Gilmar Mendes e mostra ‘quem manda’. Juiz determinou transferência de Sérgio Cabral e contrariou decisões anteriores do STF.
Coluna: PoliticaMente



Nervoso, juiz Marcelo Bretas ‘parte pra cima’ de Lindbergh Farias. Juiz da Lava Jato se revoltou com a forma do senador incitar a violência e tomou uma decisão.
Coluna: PoliticaMente



RIO DE JANEIRO INFERNAL: Carro invade calçadão e a Praia de Copacabana, fera 16 pessoas e mata uma criança
Coluna: Policial



Presa por tráfico de drogas, jovem faz pose e ‘biquinho’ para foto na delegacia em MT
Coluna: Policial



RIO EM FESTA: Moro e juíza do Rio determinam transferência de Cabral para presídio no Paraná. Acabou o cinema, camarão, caviar e visitas dos amigos bandidos.
Coluna: PoliticaMente



Mesmo Com Dois Apartamentos No Leblon Filha De Fux(STF) Recebe Auxilio Moradia De R$ 4.300
Coluna: PoliticaMente



Advogado de Lula, que custa R$ 40 mil por hora, não poderá nem entrar na sala de audiências
Coluna: PoliticaMente



Bolsonaro é unanimidade e ganha apoio dos generais alto escalão do Exército
Coluna: PoliticaMente



AGORA; Vamos juntos até o final, doa a quem doer, Deltan Dallagnol
Coluna: PoliticaMente



Lula ataca juízes, mídia e diz que ‘Bolsonaro vai comer o pão que o diabo amassou’
Coluna: PoliticaMente



Jornalista Miriam Leitão: ”Lutei contra a ditadura, sim! Hoje eu peço perdão ao Brasil pela porcaria que fiz”
Coluna: PoliticaMente

Mais lidas hoje




7627 postagens


COMENTE SUA OPINIÃO