Delegada que batizou Operação Lava Jato é promovida a chefe da PF no Sergipe

Retratada no cinema, Érika Marena esteve por mais dois anos na linha de frente das investigações na PF do Paraná que desvendaram esquema de corrupção na Petrobras

A delegada federal Érika Marena, responsável por batizar de Lava Jato a operação contra corrupção mais importantes da história do Brasil, foi promovida a superintendente regional da Polícia Federal de Sergipe.

A informação foi confirmada à Gazeta do Povo pelo diretor-geral da PF, Fernando Segovia. Érika esteve na linha de frente das investigações do petrolão desde a deflagração da operação, em 2014, na Superintendência da PF no Paraná. A apuração policial começou a partir de uma suspeita de lavagem de dinheiro num posto de combustíveis de Brasília.

O trabalho da delegada serviu, inclusive, de inspiração para o filme “Polícia Federal – A Lei é para todos”.

Há cerca de um ano, em novembro de 2016, e após atuar por mais de dois anos na Lava Jato, Érika recebeu convite para chefiar a área de combate à corrupção e desvios de verbas públicas da Superintendência da PF em Santa Catarina. Ela é tida como uma das maiores especialistas em crimes financeiros e lavagem de dinheiro dos quadros da instituição.

A delegada Érika chegou a encabeçar uma lista tríplice, elaborada pela Associação de Delegados da Polícia Federal, como candidata potencial a ocupar a direção-geral da PF. A lista foi elaborada e enviada ao presidente Michel Temer em maio do ano passado, mas, diferentemente do Ministério Público Federal, a presidência não precisava atender a este critério para escolha do diretor-geral da polícia.

Recentemente, a delegada estava atuando na operação Ouvidos Moucos, que resultou no suicídio do reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Luiz Carlos Cancellier. As consequências da ação policial, que apurava uma suposta tentativa de obstruir investigação sobre desvios no programa de educação a distância da UFSC, foi alvo de críticas.

A corregedoria da PF abriu procedimento para verificar uma notícia-crime, feita pela família de Cancellier, “para apurar a responsabilidade da delegada Érika Mialik Marena pelos abusos e excessos cometidos na denominada Operação Ouvidos Moucos”.

Outras mulheres
Além Érica, o diretor da Polícia Federal já sinalizou que outras mulheres poderão assumir cargos de superintendências pelo país. Por enquanto, um dos nomes confirmados é o da delegada Cassandra Ferreira Alves Parazi, que será superintendente no Maranhão.

“Tenho excelentes quadros femininos da polícia aptos a comandar uma superintendência. O critério é ser delegada classe especial e ter afinidade com a atuação de combate à corrupção no quadro da instituição”, exemplificou Segovia ao ser questionado sobre os critérios de escolha para as superintendências da PF.

Continua após a publicidade

Seja o primeiro a compartilhar com seus amigos!


Você não está sozinho aqui!

Leia mais, clique em: PoliticaMente


7499 postagens

Continua após a publicidade

:) Espalhe essa notícia!


:) Receba as novidades no Facebook!


:) Curtir o site!





20 escândalos sexuais que marcaram a carreira de celebridades
Coluna: Comportamento



Gerente da Caixa se senta no chão para atender homem deficiente e foto viraliza
Coluna: Coisa Linda



Americano recebe o maior transplante de rosto da história
Coluna: Tecnologia, Videos



PARTICIPE DO EVENTO ‘Encontro Fraterno com Divaldo Franco’
Coluna: Religiosidade



Beijo transfere 80 milhões de bactérias entre parceiros
Coluna: Comportamento



Filmagem assustadora: Lobisomem é capturado vivo por moradores locais em interior do Brasil
Coluna: Humor



A vida no berço
Coluna: Mundo Animal, Videos



Johnny Depp na mira da justiça: ator pode estar envolvido em assassinato
Coluna: Comportamento, Debate, Pelo Mundo



O maior ciberataque da história está acontecendo agora: hospitais em 74 países do mundo tem que pagar para liberar até ambulâncias. Sistemas de informação e telefonia das instituições foram afetados
Coluna: Tecnologia



Avanço do mar: destruição costeira se alastra no País. Casos estão acontecendo de nordeste a sudeste do Brasil
Coluna: Sobrenatural



Café em SP resolve problemas dos ciclistas com ducha, assistência e estacionamento para bikes
Coluna: Comportamento



Igreja Universal vende chave do céu para deficiente mental
Coluna: Debate



Dinheiro realmente compra felicidade, revela estudo
Coluna: Debate



Holandês cria árvore híbrida que dá mais de quarenta diferentes tipos de frutos
Coluna: Coisa Linda, Tecnologia, Videos



Comitê da Austrália rebate ironia do Prefeito do Rio: “Não queremos cangurus, queremos encanadores”
Coluna: Esportes



NO RIO, Lei da Cachaça já causa polêmica: bares e restaurantes são obrigados a exibir pelo menos 4 tipos de cachaças no cardápio
Coluna: Debate



Médica morre, vai ao céu e relata o que viu! Simplesmente impressionante, leia e repasse
Coluna: Sobrenatural



Autor de perfil falso pede a advogado de Renata Sorrah para não ser processado
Coluna: Comportamento



Árabe rico procura 4 brasileiras para se casar e oferece 90 milhões para cada uma
Coluna: Pelo Mundo



Isso é Karma instantâneo: motorista faz gesto obsceno, mas sofre acidente em seguida
Coluna: Comportamento, Humor, Videos



Nova aparição da NAVE do COMANDANTE ASHTAR na Turquia
Coluna: Sobrenatural



Modelo com perna amputada é eleito o homem mais bonito da Inglaterra; fotos
Coluna: Coisa Linda



HOMEM É RETIRADO À FORÇA DA COPA DO COQUEIRO EM QUE ELE VIVEU POR 3 ANOS
Coluna: Pelo Mundo