Retrospectiva 2016: O ano em que a Lava Jato mandou na política. Tanto Dilma Rousseff quanto Michel Temer sofreram os efeitos

Em seus governos, da inédita operação de combate à corrupção

Em 31 de agosto, após um processo de nove meses e ao menos nove grandes manifestações de rua desde o ano anterior (incluindo a de 13 de março, a maior da história do Brasil), Dilma Rousseff foi afastada definitivamente da Presidência da República por decisão do Congresso Nacional, acusada de cometer crimes de responsabilidade.

O impeachment sofrido por ela foi o segundo na história brasileira. O impedimento tirou o governo petista do debate sobre como resolver a crise econômica, mas não afastou o partido das investigações sobre a corrupção. Em setembro, foi preso Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda do governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Com Dilma afastada, começou outro capítulo da crise política. Rompido com ela, seu vice “decorativo” Michel Temer assumiu a Presidência sob a pressão das crises econômica e política, de sua própria impopularidade e da Operação Lava Jato. Perdeu rapidamente seu ministro do Planejamento, o senador Romero Jucá (RR), do PMDB, que virou réu no Supremo na Lava Jato.

Perdeu seu secretário de Governo, Geddel Vieira Lima, acusado de usar o cargo para defender um interesse pessoal. Perdeu também o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ), do PMDB, cassado e preso. Tornado réu no Supremo Tribunal Federal, o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), do PMDB, sustentou-se por pouco.

Temer e a cúpula de seu governo terminam o ano mencionados em depoimentos dos 77 delatores da Odebrecht aos investigadores da Operação Lava Jato. São acusados pelos delatores de ter pedido dinheiro à empreiteira.

A ex-presidente Dilma Rousseff ainda no Palácio da Alvorada. A revelação das relações corruptas do passado podaram seu governo

O que isso significa

Na superfície, é possível dividir 2016 em duas etapas. Até 12 de maio, quando Dilma foi afastada provisoriamente da Presidência, e depois disso, com a gestão de Temer. Os dois períodos diferem pelos ocupantes de ocasião do poder, pela condução do governo e seus objetivos. Essa é a aparência.

Sob a superfície, há uma continuidade. O fim do governo Dilma e o início do governo Temer foram determinados pelos desdobramentos da Operação Lava Jato. Por suas conexões políticas, ambos padecem dos efeitos da investigação que há quase três anos rastreia as relações corruptas entre políticos e empresas no sistema de ocupação do Estado no passado.

Unidos há tempos, o PT de Dilma e o PMDB de Temer não têm como se desvencilhar do que foi feito na Petrobras em parceria com as empreiteiras nos últimos anos. Dilma aprendeu a lição de forma dramática. Um Congresso amedrontado pela Lava Jato e hostil a uma presidente que sempre o desprezou não teve dúvidas em cassá-la, em uma tentativa de se preservar das denúncias que viriam.

Sócio majoritário do petrolão e, portanto, alvo maior da Lava Jato, nem se quisesse o PT conseguiria se mobilizar por Dilma.

O partido desmoronou com as revelações feitas por réus que decidiram colaborar com a Justiça. Ganhou o selo da corrupção na estrela e perdeu voz no Congresso.

Ao chegar Temer, foi a vez de o PMDB entrar no purgatório. Além das quedas em série, de Cunha a Geddel, o partido do presidente foi espancado pelas novas informações surgidas da Lava Jato. Toda a cúpula do PMDB no Senado surgiu na delação da Odebrecht. Um dos amigos mais próximos de Temer, José Yunes, teve de deixar o cargo por suspeita de corrupção.

O presidente se dedica publicamente a mostrar o empenho de sua equipe econômica no combate à crise, com medidas como a proposta do teto para o gasto público federal, sua principal vitória no Congresso. Mas precisa lutar constantemente para não ser emparedado por um Legislativo em busca de proteção, pelas ruas que se manifestam e pela Lava Jato. Temer foi citado mais de 40 vezes apenas por um dos 77 delatores.

Seu governo tem de trabalhar com um Congresso que só pensa em se proteger do inexorável avanço das investigações e das punições. Não há sinal de que isso vá mudar ou arrefecer. Foi assim em 2016. Deverá ser assim em 2017. É inescapável.



:) Essa notícia


:) Espalhe nas suas redes


:) Amigos Online


:) Facebook


:) Curtir o site


BRASIL SEMPRE SERÁ TERRA DE CANALHAS: acordo sobre sucessão livra Lula e Temer de Moro, eleição indireta e extensão do foro privilegiado

"Um homem leal e sincero será o estopim das mudanças nas almas Brasileiras." Clique aqui e leia a mensagem completa.


.
BRASIL SEMPRE SERÁ TERRA DE CANALHAS: acordo sobre sucessão livra Lula e Temer de Moro, eleição indireta e extensão do foro privilegiado


.
Mais um golpe contra a Lava Jato. Gilmar Mendes prepara nova manobra para evitar prisão de Lula


.
Cão invade estúdio de telejornal e assusta apresentadora. Adivinha onde isso aconteceu? Só podia ser na Rússia!


.
Dona de Pet Shop é espancada após cliente flagrar zoofilia com seu animal – Vídeo mostra as cenas do monitoramento interno do Pet Shop


.
Tony Ramos está “triste” e “melancólico” com as revelações da JBS. Já o “rei” Roberto Carlos está rindo de orelha à orelha


.
A Família Do Ministro Gilmar Mendes, Do STF, É Fornecedora De Gados Para A JBS


.
BOLA DA VEZ: LAVA JATO MIRA EM GILMAR MENDES


.
Vai faltar hospício: Justiça autoriza Prefeitura a fazer internação compulsória de usuários da Cracolândia


.
ONU condena violência da PM em Brasília e ação na Cracolândia. A PM deveria sentar a porrada em político ladrão, isso sim!


.
Maria Silvia Bastos, presidente do BNDES, renunciou. Agora que já roubaram tudo que queriam, CORRE DO PAU MARIA.


.
CEGUEIRA DELIBERADA: NOS ‘USA’ FINGIR QUE NÃO SABE DE NADA GANHA CADEIA, AQUI MORO TEVE QUE SOLTAR A “INOCENTE”


.
Ré por corrupção no STF e beneficiária de esquema que lesou servidores, Gleisi ousa denunciar ‘fraude’


.
O RETRATO DO BRASIL: Prefeito de Cantagalo discursa depois de beber e faz sucesso na internet. BEBE, MAS NÃO ROUBA.???


.
VÍDEO COM CENAS FORTES: Manifestante da reforma da previdência tenta jogar rojão contra PM e fica com a mão dilacerada. AGORA ELE JÁ PODE SE APOSENTAR.


.
Gleisi, a “Amante”, semeia o caos e comanda o terror no Senado na esperança de trazer Lula de volta


.
POÇA SECO: PF MIRA INVESTIMENTOS DA PETROBRAS PARA EXPLORAR PETRÓLEO NA ÁFRICA


.
Duque prepara cronologia para desmentir versão de Lula


.
Loures entrega Michel Temer: o porto de Santos


.
Meirelles criou banco da JBS com “ajuda” do BNDES. Entendeu?


.
O GOLPE DA MISERICÓRDIA EM LULA, DILMA E PT: Palocci fechou delação: o tema será Banco Central e Receita Federal


.
Câmera do MINC flagra militantes do PT, CUT e MST depredando o patrimônio público (veja o vídeo)


.
PALHAÇO: Rocha Loures devolve os R$ 35 mil que faltavam da ‘mala da propina’


.
Prefeitura confunde Passeio Público do Rio com o de Curitiba, convite para reinauguração tem imagem de outra cidade!


.
Temer revoga decreto que permitiu uso das Forças Armadas na Esplanada, OU SEJA, AMANHÃ BRASÍLIA ESTARÁ DESTRUÍDA PELOS MANIFESTANTE


.
O Brasil terá mais um presidente antes das próximas eleições: OAB protocola pedido de impeachment contra Michel Temer


.
MORO NÃO CONSEGUIU PROVAR CULPA DE CLÁUDIA CRUZ: FOI ABSOLVIDA, MAS ROUBOU, BEBEU, DORMIU, GASTOU MILHÕES DE DÓLARES E DIZ QUE NÃO SABIA O QUE ESTAVA FAZENDO


.
DEPOIS DA DESTRUIÇÃO DOS MINISTÉRIOS O QUE MAIS FALTA? Intervenção militar já está em andamento, é inevitável, afirma General do Exercito


.
VAZOU O ÁUDIO DE 10 MINUTOS: advogado de Lula e Moro batem boca em audiência. “É uma brincadeira”, no interrogatório de Pedro Barusco, ex-gerente da Petrobras, e Paulo Roberto Costa, ex-diretor da empresa.


.
PARECE PIADA, MAS NÃO É: Dilma faz novo pedido de liminar para voltar à presidência, e decisão está nas mãos do seu “amiguinho”, o ministro Alexandre de Moraes


.
O BRASIL DESGOVERNADO: Ato na Esplanada termina com 7 presos, 49 feridos e rastro de depredação


.
Câmara aprova texto-base de MP que prevê reajustes a servidores federais. Veja quanto será o salário de cada carreira


.
Bom dia! Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado.


.
O BRASIL AGORA É UMA ANARQUIA: Veja a destruição nos ministérios no “espetacular” mandato do Presidente Termer


.
Manda quem pode e obedece quem tem JUIZES: Fachin determina sigilo de áudios de Aécio, Andrea Neves e Rocha Loures


.
Pai vê mensagens que pedófilo mandava para menina de 9 anos e vai a encontro com a polícia


bt_leiamais1
Tudo sobre política, clique aqui


bt_leiamais1
4690 postagens


CONTINUAR LENDO