Quem é Deltan Dallagnol: Religioso, surfista e chefe da Lava-Jato. Ele é movido por suas crenças e acredita que pode mudar a forma de combater a corrupção no país.

Carregando…

O coordenador da força-tarefa da Lava-Jato é movido por suas crenças. Deltan Martinazzo Dallagnol acredita que pode mudar a forma de combater a corrupção no país. Os brasileiros se acostumaram a ver pela TV o procurador longilíneo, de bochechas rosadas, cabelo bem aparado, óculos de aro fino e trajado de terno preto quando irrompe um novo ato bombástico da operação — o mais recente foi a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A imagem de Dallagnol também se associou às 10 medidas de combate à corrupção, projeto que chegou ao Congresso com a assinatura de mais de 2 milhões de pessoas. Em busca de apoio, o procurador peregrinou por igrejas batistas. Em fevereiro, ao ser anunciado por um pastor no Rio de Janeiro para uma palestra à noite, mesclou fé e bom-humor.

— Na minha oração de hoje, pedi duas coisas. A primeira, que todos saiamos daqui edificados para fazer mais justiça. A segunda, como estamos em um ambiente noturno, foi para que vocês não dormissem.

Leia também:
“Comandante máximo”, “grande general” e “propinocracia”: veja as frases mais fortes dos promotores que denunciaram Lula
Em infográfico, veja os argumentos do MPF no PowerPoint contra Lula

Casado e pai de um casal de filhos, Dallagnol é “seguidor de Jesus”, conforme descreve em seu Twitter. Com a família, frequenta a Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba. A partir dos cultos, levou sua palavra contra a corrupção, que ecoou por escolas, associações, clubes e o plenário do Congresso. Em junho, durante audiência com parlamentares, sentenciou:

— A corrupção é uma assassina sorrateira, invisível e de massa. Ela é uma serial killer que se disfarça de buracos de estradas, de falta de medicamentos, de crimes de rua e de pobreza.

Descrito por amigos como metódico, carinhoso e sossegado, Dallagnol muda o estilo quando sobe no skate ou pega uma prancha. Em 2014, no início da Lava-Jato, viajou para surfar na Indonésia. Desde então, sua única praia é a investigação que desbaratou o esquema de desvio de recursos da Petrobras. Aos 36 anos, coordena a força-tarefa responsável pelos casos de primeira instância da operação, grupo composto por 11 procuradores, que denunciou 239 pessoas, entre elas os maiores empreiteiros do país, e provoca pânico na classe política.

A trajetória de Dallagnol começa no sudoeste do Paraná. Ele é natural de Pato Branco, cidade conhecida dos colorados por ser o berço do atacante Alexandre Pato. Filho de um promotor de Justiça, nasceu em 1980 e aprendeu em casa a separar diversão e trabalho. Nas classes do Colégio Mater Dei, evitava a “turma da bagunça”. Gostava de escrever redações e participava de peças de teatros.

— Ele não era de conversa fora de hora. Prestava atenção, era observador e muito educado — recorda a professora Ivete Bridi Rotava.

A professora reencontrou o antigo aluno em maio passado, quando ele voltou a Pato Branco para duas palestras intituladas a “A Sociedade contra a Corrupção”. Desceu no acanhado aeroporto do município e concedeu entrevista ainda na pista.

— Foi uma emoção rever aquele menino. Não me surpreende ele ter ido tão longe, tinha uma família muito presente — diz Ivete.

Festejado em Pato Branco, Dallagnol não é unanimidade em Curitiba. A exemplo do juiz federal Sergio Moro, o trabalho do procurador suscita paixões e ódios, inclusive na faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná (UFPR), onde estudou. Apesar das divergências, ex-professores concordam: foi um “aluno modelo”. Com médias altas, obteve o diploma e, um ano depois, passou no concurso do Ministério Público Federal (MPF). Tinha apenas 22 anos.

Na graduação, tabelou com o Direito Privado. A monografia tratou de “correção monetária e juros no mútuo bancário”. A guinada à área criminal ocorreu no MPF. No início da carreira, atuou no caso Banestado. Depois, fez mestrado em Harvard. Na prestigiada universidade americana, estudou as provas indiretas, que também o ajudam a embasar as denúncias da Lava-Jato. Diretor da FGV-Direito Rio, Joaquim Falcão observa que Dallagnol se encaixa no “arquétipo” da nova geração de procuradores e juízes.

— Eles têm por volta de 40 anos, fizeram concurso público, ou seja, acreditam na meritocracia, lidam bem com tecnologia, têm formação internacional e são bem pagos em termos de servidor — descreve.

Para Falcão, uma das virtudes do coordenador da força-tarefa é o poder de síntese.

— O profissional de Direito do passado se alongava para falar. Dallagnol tem comunicação sintética, rápida e visual. Seus PowerPoints fazem sucesso. Viram brincadeiras na internet, mas conseguem transmitir a mensagem. Como os processos são de interesse público, a divulgação é a força da Lava-Jato.

De fato, a comunicação é um dos pilares da estratégia do procurador e seus colegas. Quando aparece para uma entrevista, fica claro que ele preparou cada tópico da fala e não foge do roteiro. Assim, dribla a timidez. Cordial, emprega frases de efeito, que também recheiam os processos. Para ele, por exemplo, Lula é o “comandante máximo” do desvio de recursos da Petrobras.

Advogados e procuradores mais experientes não aprovam o estilo. Adversários dizem que Dallagnol quer “santificar” a Lava-Jato. Colegas negam. Explicam que ele acredita na necessidade de mudanças na legislação, cujas brechas garantem a impunidade.

O credo colocou as medidas contra corrupção entre as prioridades do procurador paranaense, que enfrenta críticas com dados e frases fortes. Em debates, ouve juristas reclamarem do teor das propostas, consideradas pesadas contra os réus, capazes de criar um Estado policialesco. Deltan não recua. Relator das medidas na Câmara, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) entende todo o empenho.

— Dallagnol estudou a operação Mãos Limpas na Itália. Lá, chegou um momento em que, para se proteger, a classe política fragilizou a legislação e a corrupção aumentou. Ele quer que o Brasil escreva uma história diferente.

13000327_1031587930248644_6418053256605145096_n

Na foto acima: O Procurador do Ministério Público Federal Deltan Dallagnol, que integra a Força Tarefa da Operação Lava Jato recebendo orações na Igreja onde congrega no Paraná. Ele faz parte de uma nova geração de Magistrados Cristãos que combatem a corrupção no Brasil.

:) Essa notícia


:) Espalhe nas suas redes


:) Amigos Online


:) Facebook


:) Curtir o site



‘É preciso ir além da Lava Jato’, diz Deltan Dallagnol que lança o livro ‘A luta contra a corrupção’, sobre combate à corrupção e à impunidade


Lula diz ter ‘certeza absoluta’ que Palocci não fará delação, porém, que se contar os podres pode ‘prejudicar muita gente’, inclusive eu


NÃO É PIADA: Luciano Huck quer ser presidente do Brasil e começa sua campanha atacando Bolsonaro. ISSO É O BRASIL


JESUS CRISTO VIROU “TRALHA” PARA LULA: Moro confisca 26 ‘tralhas’ do cofre de Lula e manda devolver à Presidência


Conheça as leis que a Odebrecht comprou com propina. A investigação sobre a venda de leis para a Odebrecht conduz a Lava Jato ao coração da corrupção no Congresso.


Os abusos do Projeto de Lei antiabuso. O projeto em discussão no Senado abre brechas que podem bloquear a Lava Jato.


OAB quer cassar mulher de Cabral. Em prisão domiciliar, ela pode perder licença de advogada. Nada mais do que devido


Revista Época: As reformas propostas por Temer prejudicam os pobres? Muitos críticos das propostas propostas acreditam que elas prejudicarão os brasileiros mais vulneráveis


João de Deus: o médium que orienta Lula deu entrevista e conta toda a verdade. O que ele diz choca até Sergio moro


Greve geral: o que você precisa saber sobre a tentativa de parar o país pela 1ª vez em 20 anos


MARQUETEIRA ENTREGOU: Mônica Moura, mulher do publicitário canalha, surpreendeu ministro ao dizer que Dilma sabia de caixa 2


A FILHA DO PRESIDENTE EM ENTREVISTA: Luciana Temer é a favor do aborto e das legalização das drogas


Lava Jato faz buscas em escritório de advogado ligado a Renan Calheiros e investiga pessoas que orbitam ao redor de políticos


SÓ NO BRASIL ISSO ACONTECE, OU CADEIA OU PRESIDÊNCIA. Datafolha, CNT/MDA, IBOPE e agora Vox Populi: Lula lidera todas as pesquisas para a eleição presidencial de 2018


Codependência: familiares de dependentes químicos se transformam em carrascos e causam piores efeitos do que as próprias drogas


Mulher com manchas nas costas sofria bullying violento, mas o mundo gira, ela vira modelo e faz sucesso na web. E


BANDIDO CONFESSO: Sérgio Cabral diz que pagou itens de luxo com dinheiro de caixa 2. Vestidos de R$ 57 mil para Adriana Anselmo com o dinheiro do povo. O Rio de Janeiro deveria ter pena de morte, começando com ele


PANCADA: A carta do Movimento Negro aos que “bateram palmas” para Jair Bolsonaro, que fez comentários depreciativos contra negros, indígenas, mulheres, gays e refugiados


Sergio Moro sofre derrota silenciosa no STF. Mais uma vez o poder da “máfia” entra em ação, arrebentando meses de trabalho de Moro e sua equipe


O vídeo que convoca a greve geral com a música “O dia que a Terra parou” explode na internet. Assista agora e compartilhe antes de seus amigos


Adolescente que colocou porquinho no micro-ondas por 5 segundos sofre ameaças e agora está ‘chorando muito e sem dormir’. O que ela esperava, medalha de bom compartamento?


O MISTÉRIO CONTINUA: Após um mês de sumiço do jovem do Acre, família já traduziu três livros dele. Pai desabafa, “Infelizmente, todo dia é mais um dia de angústia”


Sergio Moro Divulga Quase 4 Horas de Escutas Entre Lula, Dilma, Lindberg e Toda a Quadrilha. SE ELE NÃO DESISTE ENTÃO NÃO DESISTA TAMBÉM!


Imagens de superlotação em presídio filipino impressionam. A comida é pouca e inadequada – muitos emagrecem a níveis preocupantes. Nada diferente do Brasil…


VÍDEO: JOICE HASSELMANN DENUNCIA QUE LULA VAI SE FINGIR DE DOENTE PARA NÃO SER PRESO. Plano já está em andamento…


URGENTE – “A paz mundial está por um fio, interrompida mais uma vez pela ganância do homem.” LEIA TODA A MENSAGEM DE ADOLPH FRITZ


JUSTIÇA CEGA: Juiz inocenta médica acusada de matar pacientes em UTI de hospital em Curitiba


MOTIM DO “PAU MANDADO”: Leo Pinheiro não destruiu as provas como Lula ordenou. Agora milhares de documentos comprovam como funcionava a quadrilha da corrupção


PARABÉNS: Aaós Cerveró inocentar Lula, sua pena é aumentada de 12 para 27 anos de cadeia


OS DELÍRIOS DE LULA E SUA GANGUE: Advogado de Lula diz que já prevê condenação de Sergio Moro na ONU


De volta para Bangu, de onde nunca deveria ter saído: Desembargadores mandam Adriana Ancelmo de volta para a cadeia


João de Deus: ‘Maior Curador Do Mundo’ Revela Porque Sérgio Moro Deve Ser O Próximo Presidente, “O juiz Sérgio Moro está orientado por Deus”


Jovem Flagra Mulher Com Outro Na Cama, Tira Selfie E Posta. Com bom humor ele disse: “Bons homens merecem boas mulheres”. Recebeu contato de dezenas de mulheres ao redor do mundo


Desesperados Advogados De Lula Querem Que Citações Em Delações Não Sejam Encaminhadas A Sergio Moro


EM VÍDEO: “VOCÊ PODE FUMAR UM BASEADO ENTRE A HORA DE JANTAR E DORMIR” DIZ MINISTRO DO STF LUIZ ROBERTO BARROSO E VIRA HERÓI NA INTERNET


STF Investigou 500 Parlamentares Desde 1988, Mas Condenou Apenas 16. Na maioria dos casos os ministros nem chegaram a analisar a acusação


MINISTRO BARROSO: “O Nível De Indecência A Que Nós Chegamos É Absolutamente Insuportável”, mas diz que fumar um ‘BASEADO’ DEPOIS DA JANTA É NORMAL


VÍDEO: Magno Malta Envergonha Quem Propõe Lei De “Abuso De Autoridade”. Parabéns Senador, o senhor representa os Brasileiros de bem


bt_leiamais1 4286 postagens

CONTINUAR LENDO