JOGANDO NO VENTILADOR: Cunha escreve carta da cadeia, diz que mostrou parecer de impeachment à Temer antes de abrir o processo e ele quem agendou encontro com Odebrecht.

Em carta escrita de próprio punho direto do Complexo Médico Penal em Curitiba onde está preso, o ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) rebateu alegações do presidente Michel Temer sobre um encontro com ex-presidente da Odebrecht Engenharia Industrial Márcio Faria da Silva. Segundo Cunha, Temer se “esquivou nos detalhes” ao afirmar quem, de fato, teria agendadao a reunião com o executivo.

Em depoimento gravado pela Lava-Jato, Faria disse que o encontro se deu no escritório político de Temer, em Alto de Pinheiros, em São Paulo, em 15 de julho daquele ano. Segundo o delator, Temer comandou reunião de acerto de propina de US$ 40 milhões.

“O deputado Eduardo Cunha, na época me disse: ‘olhe, há uma pessoa que quer colaborar, quer contribuir com o partido, mas ele quer pegar na sua mão, quer cumprimentá-lo.’ E daí, ajustamos um dia que eu estava em São Paulo. Eu até confesso que cheguei um pouco atrasado na reunião, estavam os três já reunidos, e eu me sentei, e lá ele disse: ‘olha, eu queria muito conhecê-lo etc’ … Eu disse: ‘muito obrigado, espero que nós possamos continuar a fazer pelo País’.

Não tratamos de absolutamente nenhuma questão de valores, nada disso, porque o objetivo central era este”, disse Temer na entrevista dada a TV Bandeirantes na semana passada.

Para Cunha, o presidente foi quem marcou a reunião e convidou ele e o ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves para participar do encontro com o executivo da Odebrecht.

“A referida reunião não foi por mim marcada, embora tivesse tido várias outras reuniões sobre doações marcadas por mim. Nesse caso, o fato é que estava em São Paulo, juntamente com Henrique Alves e almoçamos os três juntos no restaurante Senzala, ao lado do escritório político dele (de Temer) após outra reunião e fomos convidados eu e o Henrique a participar dessa reunião já agendada diretamente com ele”, relatou Cunha, que confirmou, no entanto, que na reunião “não se tratou de valores nem referência a qualquer contrato daquela empresa”. “A conversa girou sobre a possibilidade de possível doação e não corresponde a verdade o depoimento do executivo”, relatou.

Cunha escreve carta da cadeia para dizer que foi Temer quem agendou encontro com Odebrecht – Reprodução

Em entrevista ao SBT na noite desta segunda-feira, Temer disse ainda não se preocupar uma eventual delação de Eduardo Cunha.

“Eu não sei o que ele pretende fazer. Agora o que eu quero dizer é o seguinte: não estou preocupado com o que ele venha a fazer, não é isso absolutamente. Eu espero que ele seja muito feliz, espero que ele se justifique em relação a todos os eventuais problemas que tenha tido, acho que ele foi um deputado, devo dizer, um deputado muito atuante, muito eficiente no exercício da legislatura, mas não sei o que ele vai fazer. Também não tenho que me incomodar com isso”, declarou Temer.

IMPEACHMENT REVISADO

Cunha também diz na carta que o parecer do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi submetido, antes de sua abertura, ao então vice-presidente. Ele contradiz Temer sobre o encontro realizado dois dias antes da abertura do processo de afastamento da petista.

“Lamento (…) vir a público desmentir o presidente que assumiu o cargo em decorrência desse processo”, escreveu Cunha, garantindo que submeteu a Temer o parecer do impeachment 48 horas antes da abertura do processo. Segundo o ex-deputado, o “parecer preparado por advogados de confiança mútua, foi debatido e considerado por ele correto do ponto de vista jurídico”.

Cunha rebate, assim, entrevista dada por Temer no último fim de semana, em que negou qualquer influência no pedido de impeachment da ex-presidente. Segundo Temer, Cunha havia declarado que arquivaria todos os pedidos após parlamentares do PT afirmarem que votariam em favor dele no Conselho de Ética da Câmara. Garantiu, ainda, que na época, chegou a levar essa informação a Dilma, que teria ficado satisfeita com a notícia.

Cunha diz na carta que o parecer do processo de impeachment foi submetido, antes de sua abertura, ao então vice-presidente – Reprodução

Leia a íntegra da carta de Eduardo Cunha.

Com relação a entrevista do sr. Presidente da República à Rede Bandeirantes no último sábado, dia 15 de abril, repetida no domingo, tenho a esclarecer o que se segue:

Lamento que nesta data, onde se completa um ano da votação da abertura do processo de impeachment na Câmara dos Deputados, comandada por mim, tenha de vir a público desmentir o presidente que assumiu o cargo em decorrência desse processo.

Não existiu o diálogo descrito pelo presidente com relação aos fatos sobre o impeachment e o meu livro detalhará todos os fatos reais sobre o impeachment em ordem cronológica com farta comprovação.

O verdadeiro diálogo ocorrido sobre o impeachment com o então vice-presidente, às 14h da segunda-feira 30 de novembro de 2015, na varanda do Palácio do Jaburu, 48 horas antes da aceitação da abertura do processo de impeachment, foi submeter a ele o parecer preparado por advogados de confiança mútua, foi debatido e considerado por ele correto do ponto de vista jurídico.

Com relação a reunião com o Executivo da Odebrecht, o presidente se equivocou nos detalhes. A referida reunião não foi por mim marcada, embora tivesse tido várias outras reuniões sobre doações marcadas por mim. Nesse caso, o fato é que estava em São Paulo, juntamente com Henrique Alves e almoçamos os três juntos no restaurante Senzala, ao lado do escritório político dele após outra reunião e fomos convidados eu e o Henrique a participar dessa reunião já agendada diretamente com ele.

Efetivamente na referida reunião não se tratou de valores nem referência a qualquer contrato daquela empresa. A conversa girou sobre a possibilidade de possível doação e não corresponde a verdade o depoimento do executivo.

:) Espalhe nas suas redes



:) Essa notícia


:) Facebook


:) Curtir o site




VÍDEO: JOICE HASSELMANN DENUNCIA QUE LULA VAI SE FINGIR DE DOENTE PARA NÃO SER PRESO. Plano já está em andamento...


"O Brasil corre risco, os espíritos de luz estão com dificuldades para nos ajudar." Clique aqui e leia a mensagem completa.





VÍDEO: JOICE HASSELMANN DENUNCIA QUE LULA VAI SE FINGIR DE DOENTE PARA NÃO SER PRESO. Plano já está em andamento…


Joesley FRIBOI na mira PF, MP do DF, CVM e até a mulher de Joesley ameaçam acordo da JBS


Colapso nas Forças Armadas do Brasil: Corte de 44% dos recursos e preveem caos operacional


Militares brasileiros “colocam” TEMER “de joelhos”. O reajustes de militares custarão R$ 4,6 bilhões aos cofres públicos em 2018


Tensão entre militares e equipe econômica. Jungmann “cogita” FECHAR Unidades Militares


Banhistas tiram golfinho bebê da água para selfies, e o animal morre de stress. Esse é o egoísmo humano…


Ex-executivo de SC que vive em aeroporto do RJ consegue emprego: ‘obrigado a todos’


FUNCIONÁRIA QUE CUIDA DA ROUPA DE MARCELA GANHA APARTAMENTO FUNCIONAL


STF retira de Moro depoimentos da JBS que citam Lula


‘Não estou nem aí’, diz juiz que recebeu R$ 503 mil em julho


Distritão e Fundão: A elite política tenta se agarrar ao poder


Se for condenado por incitação ao estupro pelo STF, Bolsonaro fica inelegível?


É por isso que você deve pensar 50 milhões de vezes antes de namorar qualquer uma


Jovem tira a própria vida e deixa carta acusando arquiteta de ter feito projeto errado e destruídos seus sonhos


Esquema criminoso dos transportes do RJ tinha ‘plena atividade’ mesmo após Lava Jato, diz juiz


Relator da reforma política tenta permitir ocultação de doações eleitorais


7 estranhos efeitos do sexo que você não tinha nem ideia de que existiam


Ministra dos Direitos Humanos pede urgência para votação do projeto de lei que autoriza cirurgia de mudança de sexo para crianças e adolescentes sem o consentimento dos pais


Imprensa internacional desmascara LULA e divulga poupança de U$ 108 milhões em Luxemburgo, caiu a casa de vez !


Zezé Di Camargo é CONDENADO pela Justiça em processo. VEJA O MOTIVO!


Deltan Dallagnol detona fundo eleitoral de R$ 3,6 bilhões aprovado pela comissão da Câmara


Foi na delegacia registrar roubo e acabou preso por homicídio no DF; entenda


Dublê que morreu nas gravações de ‘Deadpool 2’ participava de seu primeiro filme


O que é ‘estupro virtual’? Ex-namorados criam contas falsas para chantagear as ex-namoradas

bt_leiamais1
Tudo sobre política, clique aqui

bt_leiamais1
5718 postagens